Política Quinta-feira, 18 de Agosto de 2011, 13:53 - A | A

Quinta-feira, 18 de Agosto de 2011, 13h:53 - A | A

MUDANÇAS

Deputado Romoaldo critica secretário Maia e avisa que Governo vai fazer mudanças até final do ano

Líder do Executivo na Assembleia encabeça ala dos descontentes com secretário e, de forma velada, pede para secretário da Sema (foto) mudar forma de atuar, senão sairá do staff de Silval Barbosa

Mayke Toscano/Hipernotícias

Lider do governo na Assembleia não esconde insatisfação sobre atuação de alguns secretários

O secretário de Estado de Meio Ambiente, Alexander Maia, deve ser atingido pelas mudanças que o governador Silval Barbosa (PMDB) fará ainda este ano. A pista foi dada na manhã desta quinta-feira (18) pelo líder do governo na Assembleia Legislativa, Romoaldo Júnior, também peemedebista que, inclusive, disparou críticas à atuação de Maia na Sema. A deputada Luciane Bezerra (PSB) também engrossa o coro dos descontentes.

“Está mais que na hora de o Maia assumir (de fato) o governo, acho que ele pode fazer melhor para ajudar o governador, ele está fora de sintonia”, disparou o líder que sempre se mostra comedido às criticas relacionadas aos secretários, mas que tem se mostrado descontente com a forma de tratamento que Maia vem dispensado aos deputados estaduais.

Alexander Maia vem sendo alvo de duras críticas no parlamento, especialmente por conta da CPI das Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs), onde o acesso às informações estaria truncado, mesmo por meio de expedientes legais como requerimentos e outras solicitações.

Maia é filiado ao PR e foi indicado ao staff de Silval, pelo senador e ex-governador Blairo Maggi, que por sua vez tem sido alvo da CPI das PCHs por ter negócios nesse setor, que não estariam dentro da legalidade ambiental.

Recentemente a deputada Luciane Bezerra (PSB) revelou ter ouvido de Maia críticas sobre a atuação do governador na Sema. “Ele disse que o Estado não tem investido na Secretaria de Meio Ambiente, como deveria”, atestou à ocasião a parlamentar.

Mas Romoaldo ainda acha que Maia pode “despertar” e rever sua atuação, mas que hoje ele “está num processo de desconstrução na relação com o governo e especialmente com a Assembleia”.

MAIS BAIXA

Outra baixa que pode ser confirmada nessa mudança de secretariado é quanto ao comando da pasta de Infraestrutura do Estado. O secretário Arnaldo Alves, também da cota do PR, estaria na iminência de sair, devido às reclamações dos deputados.

“A Assembleia é a caixa de ressonância do que acontece no Estado e quando acontece de os deputados pedirem várias vezes e não serem atendidos, isso já um sinal de alerta”, sinalizou Romoaldo, se referindo às possíveis mudanças.

“Eu não tenho dúvida alguma que até o fim do ano vai haver mudanças, mas quem sai e quem entra só mesmo o governador pode dizer”, completou.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Edmar 18/08/2011

Esses deputados querem mesmo são benefícios que os ajudem a se reeleger...só isso. Essa assembléia de mt não vale um pequi roído, me mostrem algum projeto importante...só gastam com inúmeras mordomias...se Fechar o Parlamento ninguém sentiria falta

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros