Terça-feira, 16 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,94
libra R$ 5,94

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,94
libra R$ 5,94

Política Quarta-feira, 13 de Julho de 2022, 14:31 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 13 de Julho de 2022, 14h:31 - A | A

ARMA NO PLENÁRIO

Câmara de Querência prorroga por 30 dias afastamento de vereadores

Episódio em que vereador apontou revólver contra colega motivou processo de cassação

RAFAEL COSTA
Da Redação

A Câmara Municipal de Querência (765 km de Cuiabá) prorrogou por 30 dias o afastamento dos vereadores Neiriberto Martins da Silva Erthal (PSC) e Edmar Lucio Batista (PDT). A decisão foi dada na terça-feira (13).

Ambos protagonizaram, no dia 21 de março, uma discussão durante uma sessão plenária que quase terminou em tragédia. 

Isso porque o vereador Neiriberto Erthal sacou uma arma de fogo e só não matou Edmar Batista porque, no momento do disparo, a arma falhou.

A Câmara Municipal de Querência abriu uma comissão processante por quebra de decoro que pode culminar na cassação de mandato dos dois parlamentares. 

Na resolução 06/2022, que decidiu pela prorrogação do afastamento dos vereadores pelo período de 30 dias, a Mesa Diretora da Câmara Municipal diz que já foram encerrados os trabalhos da comissão processante.

Porém, a deliberação pelo plenário ainda está pendente. Como é necessária a "tranquilidade e segurança" para as devidas providências, considerou-se prudente afastar novamente os dois vereadores.

O vereador Neiriberto Erthal chegou a ter a prisão preventiva cumprida por suspeita de tentativa de homicídio. Porém, conseguiu revogá-la e atualmente é submetido ao uso de tornozeleira eletrônica.

O CASO

 O vídeo de um trecho da sessão mostra o momento em que Neiriberto começa a ficar nervoso e discute com outro parlamentar.

Em seguida, ele diz "O trabalho aqui é feito e é organizado. Vossa excelência, seja homem e assuma...", o parlamentar não conclui a frase e levanta da cadeira para ir até o outro vereador.

Segundo a polícia, esse é o momento em que Neiriberto foi até Edmar e deu um soco nele. Em seguida, Neiriberto se desequilibrou e caiu no chão, momento em que Edmar o agrediu. 

A equipe da Policia Militar interveio para conter a briga e, enquanto afastava Neiriberto do local, o parlamentar sacou uma arma e fez ameaças contra Edmar.

O militar conseguiu conter o vereador e levá-lo para outra sala e, quando percebeu que o suspeito estava com arma em punho, conduziu o vereador Edmar para o abrigo atrás da bancada e posteriormente para fora do plenário.

Ainda segundo as informações da PM, não houve disparo de arma de fogo e a arma usada na ameaça não foi encontrada.

As partes foram conduzidas para à delegacia para registrarem a ocorrência.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros