Terça-feira, 21 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

Política Terça-feira, 20 de Setembro de 2016, 18:21 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 20 de Setembro de 2016, 18h:21 - A | A

SORRISO

Câmara aprova criação da Faculdade de Medicina idealizada por Rossato

DA REDAÇÃO

Um dos compromissos do prefeito Dilceu Rossato (PSB), candidato à reeleição, para consolidar Sorriso como um polo de educação, está se concretizando. A Câmara Municipal aprovou e Rossato sancionou a Lei nº 2.650 que autoriza a criação da Faculdade de Medicina de Sorriso. A iniciativa do prefeito conta com o apoio do setor privado e, pelo cronograma, já está sendo programado o vestibular 2017, para começar o curso, a princípio com 60 vagas anuais.

 

Mayke Toscano / Divulgação

Dilceu Rossato

Prefeito e candidato à reeleição em Sorriso, Dilceu Rossato

"

O modelo de faculdade aprovado pela lei permite a participação do Poder Público (prefeitura) e de particulares. Conforme a lei, é uma “sociedade de economia mista, para exercer atividade econômica nas áreas de tecnologia, ensino superior e extensão, cursos profissionalizantes, pesquisa, cultura e desenvolvimento institucional”. Diferentemente de outras instituições que saíram do papel por meio das ações de governos estaduais e federal, a futura Faculdade de Medicina de Sorriso será municipal e tem à frente o Poder Público e representantes da sociedade, que vão bancar o investimento.

 

Para a exercer o papel de mantenedora da instituição, foi criada a Sociedade Sorrisense. Com a participação do Poder Público na sociedade de economia mista (que admite particulares) na criação da faculdade, o processo não precisa passar pelo Ministério da Educação (MEC). Pelo modelo aprovado, e conforme a legislação, a faculdade é fiscalizada e autorizada pelo Conselho Estadual de Educação, por se tratar de uma instituição de ensino superior municipal.

 

A ideia de se criar uma Faculdade de Medicina em Sorriso começou no início do mandato de Rossato, em 2013. Um dos participantes da comissão que tratou do assunto é o odontólogo Dionísio Bortolon Antonielo, que foi designado por Rossato para buscar alternativas. Depois de algumas pesquisas, ele entrou em contato com o professor doutor José Lúcio Martins Machado, diretor da Faculdade de Medicina da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (SP) e professor doutor da Unesp (Universidade Estadual Paulista).

 

Desde a primeira visita do professor José Lúcio em Sorriso, no dia 1º de julho passado, já foram realizadas cinco reuniões com sua presença para detalhar o projeto. Na reunião do dia 1º de julho, realizada na Câmara Municipal, o doutor José Lúcio, juntamente com membros de sua equipe, explicou como irá funcionar a faculdade. Estiveram presentes à reunião, o prefeito Rossato, vereadores, médicos, profissionais da saúde, empresários, produtores rurais e representantes de diversos setores da sociedade.

 

O doutor José Lúcio, que será o responsável pelo conteúdo programático e pela capacitação dos professores, tem no currículo, junto com sua equipe, a criação de 36 faculdades de Medicina no País, dentre públicas federais e estaduais e privadas (a maioria municipais) incluindo as da Unemat (Universidade do Estado de Mato Grosso) e da Univag (Centro Universitário de Várzea Grande) em Mato Grosso.

 

“A missão de vocês é muito grande: já são o celeiro do Brasil e do mundo na produção de grãos, por que não ter a missão de ser um polo regional para cuidar das pessoas enfermas, dos que precisam buscar bons atendimentos na saúde?”, indagou o professor José Lúcio, durante a reunião na Câmara.

 

Dentre os apoiadores do projeto está o produtor rural Argino Bedin, um dos pioneiros do município, que veio para a região há 37 anos. Ele acompanhou o crescimento da cidade que se emancipou há 30 anos. “Aqui em Sorriso temos inúmeras ações feitas pela sociedade junto com o Poder Público. Quando a sociedade é chamada por uma boa causa, sempre deu certo. Acho que está na hora dessa faculdade de Medicina nascer, se perpetuar aqui em Sorriso, e trazer bons frutos, principalmente no aspecto humanitário, de ajudar quem mais precisa”.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros