Sexta-feira, 14 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,37
euro R$ 5,77
libra R$ 5,77

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,37
euro R$ 5,77
libra R$ 5,77

Política Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2018, 21:17 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2018, 21h:17 - A | A

IMPLODIU CERIMÔNIA

Abílio Junior diz que vai acionar o MPE para impedir inauguração do novo hospital de Cuiabá

KHAYO RIBEIRO

Com animosidade, o vereador Abílio Junior (PSC) implodiu a cerimônia de lançamento do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) e disse que vai procurar o Ministério Público Estadual para cancelar a inauguração da unidade de saúde. Aos brados de “A obra está inacabada”, o parlamentar interrompeu o ato, que teve início às 19 desta sexta-feira (28).

 

Alan Cosme/HiperNoticias

Abilio junior

 

O vereador apontou que sua calorosa manifestação é assegurada por lei, uma vez que ele estaria praticando seu papel de parlamentar ao fiscalizar obras públicas. Em se tratando de fundamentação legal, Abílio destacou ainda que a cerimônia deve ser cancelada segundo o que ordena a Lei 6.012/2015, de autoria do então vereador Ricardo Saad, que proíbe a inauguração e entrega de obras inacabadas.

 

“Vamos ao Ministério Público, à Delegacia Fazendária, ao Tribunal de Contas do Estado. Vamos a todos os órgãos competentes pedir para cancelar esse ato de inauguração do prefeito”, apontou o vereador.

 

Quando questionado sobre o que não estaria concluído na unidade de saúde, o parlamentar denunciou que duas alas do HMC não estariam prontas para atender pacientes, com paredes sem reboco.

 

Em coletiva de imprensa, realizada na última quarta-feira (26), o chefe do executivo estadual da Capital, Emanuel Pinheiro (PMDB), havia sinalizado que o novo hospital seria inaugurado em fases. Uma primeira parte da unidade seria inaugurada nesta sexta-feira (28) e outras áreas do complexo iriam ser inauguradas futuramente, até que o último ato seria no dia oito de abril de 2019, data do aniversário de 300 anos de Cuiabá.

  

As declarações do parlamentar podem ser vistas no vídeo que Abilio postou em seu perfil:

 

 

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros