Sexta-feira, 14 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,37
euro R$ 5,77
libra R$ 5,77

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,37
euro R$ 5,77
libra R$ 5,77

Polícia Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018, 10:57 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018, 10h:57 - A | A

OPERAÇÃO CAPTARE

Servidor da Educação é preso acusado e envolvimento com o tráfico de drogas

DA REDAÇÃO

Um dos alvos mais importantes da operação Captare, deflagrada há duas semanas, pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) foi preso no final da tarde de quarta-feira (12).

 

Alan Cosme/HiperNoticias

dre

 

A prisão de Cristhian Bruno Barbosa, servidor da Secretaria de Educação de Cuiabá, ocorreu por volta das 18h, no bairro Sol Nascente, em Cuiabá, quando ele chegava do serviço.

 

Cristhian foi investigado na operação “Captare”, deflagrada em 29 de novembro pela DRE, para desmantelar uma organização criminosa responsável pela movimentação de  2 toneladas de maconha nas rodovias dos Estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, em 4 meses.

 

Durante os trabalhos foram cumpridos 28 mandados de prisão preventiva, 22 mandados de busca e apreensão domiciliar e 2 mandados de apreensão de veículos nas cidades de Cuiabá e Várzea Grande (Mato Grosso), Campo Grande, Dourados e Coxim (Mato Grosso do Sul).

 

Durante a deflagração da operação foi cumprido mandado de busca e apreensão na casa de Cristhian, mas ele não se encontrava na residência. Desde então foram empreendidas diligências objetivando o cumprimento do mandado de prisão.

 

O detido responde a processo criminal anterior por tráfico de drogas, inclusive já ficou preso um ano na Penitenciária Central do Estado (PCE), no ano de 2016.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros