Sexta-feira, 12 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

Polícia Segunda-feira, 11 de Julho de 2022, 15:09 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 11 de Julho de 2022, 15h:09 - A | A

OSTENSIVIDADE

Polícia Militar lança "Operação Liquida Centro" nesta segunda-feira em Cuiabá

Ação vai até sábado, com o reforço policial de 250 militares e 40 viaturas

DA REDAÇÃO

A Polícia Militar de Mato Grosso deflagrou, na manhã desta segunda-feira (11), a Operação Liquida Centro, em parceria com o Sindicato do Comércio de Tecidos, Confecções e Afins do Estado (Sincotec-MT), em Cuiabá. A ação visa o fortalecimento do policiamento ostensivo e preventivo até o próximo sábado (16).

De acordo com o tenente-coronel PM Kléber Franklin de Lima Ferreira, o reforço policial contará com mais de 250 militares e 40 viaturas empregadas de todas as unidades que compõem o 1º Comando Regional. "Além do policiamento ostensivo a pé, também serão realizadas operações com barreiras policiais em pontos estratégicos", ressaltou.

O tenente-coronel da 21ª Companhia Independente da Capital, Sadá Ribeiro Parreira, destacou que a força policial será empregada com militares da Cavalaria, Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (Raio), Batalhão de Trânsito e Força Tática.

Segundo o presidente do Sincotec, Sérgio Ricardo Antunes, a expectativa é que haja aumento de 25% no fluxo de pessoas nos próximos dias.

"O comércio vai oferecer descontos de até 70% aos consumidores e, com apoio da Polícia Militar do Estado, o movimento deve ser melhor ainda, pois a região do centro estará fortalecida com o policiamento, garantindo a tranquilidade dos consumidores, empresários e empreendedores".

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros