Domingo, 16 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

Polícia Quarta-feira, 22 de Maio de 2024, 11:06 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 22 de Maio de 2024, 11h:06 - A | A

OPERAÇÃO VERDUGOS

Polícia captura 12 envolvidos na morte por espancamento de desafeto que devia drogas

Crime ocorreu em plena via pública, à luz do dia, enquanto a vítima era arrastada aos gritos pelas ruas, até o local onde foi morta, uma casa identificada como uma espécie de "tribunal do crime"

DA REDAÇÃO

Nove membros de uma facção criminosa investigados por homicídio foram presos, preventivamente, pela Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (22), na 'Operação Verdugos'. Além disso, três adolescentes foram internados. A ação policial ainda cumpriu 12 mandados de busca e apreensão contra os investigados em Cuiabá, Araputanga e Mirassol D'Oeste (338 e 296 km da Capital, respectivamente). Os criminosos são acusados de espancar Walisson Wilker Rodrigues Borges até a morte no dia 9 de março deste ano, em Araputanga, em razão de dívidas de drogas e de pequenos furtos, supostamente cometidos pela vítima.

De acordo com delegado responsável de Araputanga, Fabrício Garcia Henriques, o crime ocorreu em plena via pública, à luz do dia, enquanto a vítima era arrastada aos gritos pelas ruas até o local onde foi morta, uma casa identificada como uma espécie de “tribunal do crime”, para onde os desafetos da facção eram levados para receber punições. Na casa, a vítima foi executada e depois seu corpo foi jogado no rio Bugres.

“Apesar da complexidade do caso, que envolve uma organização criminosa, desde o primeiro dia, as equipes de investigação estiveram em campo, logrando êxito na localização do corpo e na identificação de todos os coautores deste crime brutal. Foram angariados elementos robustos, suficientes para a decretação da prisão preventiva e internação dos suspeitos, como forma de preservar a ordem pública, a conveniência da investigação criminal e a aplicabilidade da lei penal”, destacou o delegado.

A operação contou com a participação de mais de 50 policiais civis, com equipes das Delegacias de Araputanga, Porto Esperidião, São José dos Quatro Marcos, Mirassol d’Oeste, Rio Branco e de Cáceres (Municipal, Derf e Regional). Em Cuiabá, os mandados foram cumpridos por equipes da Polinter.

Verdugos se refere a pessoas que executam penas de morte e aplicam castigos corporais. É sinônimo de carrasco, algoz, tendo em vista o modus operandi dos suspeitos ao cometerem este crime.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros