Sábado, 20 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

Polícia Terça-feira, 09 de Julho de 2024, 08:52 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 09 de Julho de 2024, 08h:52 - A | A

PISTOLA EM MODO "RAJADA"

Novo vídeo mostra atirador fugindo depois de matar ex-presidente da OAB; veja

Renato Gomes Nery foi baleado na manhã de sexta-feira (5), em frente ao seu escritório localizado na Avenida Fernando Corrêa, em Cuiabá

SABRINA VENTRESQUI
Da Redação

Em novas imagens divulgadas pelo Programa do Pop, da TV Cidade Verde, o executor do advogado Renato Gomes Nery aparece seguindo pela rua La Paz, situada na lateral do escritório do jurista, depois de atirar contra Nery.

LEIA MAIS: Imagens mostram assassino pilotando moto e seguindo advogado antes de execução; veja vídeo

Renato Gomes Nery foi baleado na manhã de sexta-feira (5), em frente ao seu escritório localizado na Avenida Fernando Corrêa, em Cuiabá.

De acordo com a perícia feita no local, o bandido disparou cerca de sete vezes contra o advogado, que foi atingido na cabeça por um único tiro. O atirador utilizou uma pistola 9 milímetros no modo ‘rajada’ que faz diversos disparos simultâneos e pode liberar até 9 projéteis.

Encontrado agonizando por policiais militares, o advogado foi socorrido e encaminhado ao Hospital Jardim Cuiabá. Ele passou por cirurgia, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu na madrugada de sábado (6).

O delegado Bruno Abreu, da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e que chefia as investigações, acredita que o crime tenha sido ‘de mando’, ou seja, alguém contratou um pistoleiro para executar Renato Nery.

Na segunda-feira (8), a autoridade policial oficiou a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso (OAB-MT), para apurar se o jurista estava recebendo alguma ameaça ou envolvido em procedimento disciplinar.

No mesmo dia, veio à tona uma representação feita por Renato, em que denuncia um verdadeiro ‘escritório do crime’ montado para anular uma sentença desfavorável à viúva de um grande proprietário de terras na região do Araguaia.

Os personagens do esquema seriam um posseiro, um interceptador de telefones, advogados e um magistrado do Tribunal de Justiça.

As oitivas de testemunhas começam nesta semana com o objetivo de chegar a motivação do crime, que delimitará a linha de investigação.  

LEIA MAIS: Renato Nery acusou advogado e magistrado de "complô" em ação agrária

VEJA VÍDEO

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Crítico 09/07/2024

Ate quando a seguranca do estado vai permitir essas ATROCIDADES

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros