Segunda-Feira, 29 de Junho de 2020, 09h:30

Tamanho do texto A - A+

Homem morre engasgado com comida em clínica de recuperação de Várzea Grande

Por: LUIS VINÍCIUS

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) abriu um inquérito para investigar a morte de um dependente químico na Casa de recuperação Pai André, localizada no bairro Altos da Boa vista, em Várzea Grande. Alvaro Knapp de Resende, 41 anos, morreu após se engasgar com a comida durante uma refeição no local.

PJC

dhppp.jpg

 

A Polícia Civil informou que Alvaro possuía diversas passagens criminais por crimes de roubos e furtos cometidos em Cuiabá. Em uma das suas ações criminosas, no ano de 2013, ele, juntamente com um comparsa, roubou a bolsa de uma mulher na Avenida Arquimedes Pereira Lima (Av. do Moinho), em Cuiabá.

Porém, uma testemunha que passava pelo local teria visto o roubo e perseguido a dupla. Em determinado momento, Alvaro e o comparsa foram “fechados” por moradores da região. Após serem detidos, os moradores quase lincharam a dupla. Eles foram presos pela Polícia Militar e encaminhados à delegacia.

Após o fato, Alvaro teria ficado com problemas psicológicos devido às agressões sofridas.

Além disso, ele era depedente químico e por essa razão foi levado à casa de recuperação para tentar se livrar do vício.

Porém, funcionários do local informaram à polícia que devido o seu problema, Alvaro tinha um hábito de colocar muita comida na boca para depois mastigá-la durante as refeições. Na última sexta-feira (26), Alvaro teria repetido o fato e acabou se engasgando.

Logo em seguida, Alvaro teria ficado roxo e foi socorrido por funcionários da casa. Em seguida, ele foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro 24 de Setembro, mas não resistiu e morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade de saúde.

O corpo do dependente químico foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para ser realizado exame de necropsia.

O caso será investigado pela DHPP.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei