Sexta-feira, 12 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

Polícia Segunda-feira, 24 de Outubro de 2022, 17:05 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 24 de Outubro de 2022, 17h:05 - A | A

NESTA SEGUNDA-FEIRA

Gestante acusada de matar pai e filho por ciúmes do marido se apresenta na delegacia

Uma das vítimas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O filho foi socorrido pelo marido de Bruna e encaminhado ao Hospital Municipal, mas morreu logo após dar entrada na unidade

AMANDA DIVINA
Da redação

Bruna Feslk, de 26 anos, apresentou-se na delegacia da Polícia Civil de Terra Nova do Norte (629 km de Cuiabá) na tarde desta segunda-feira (24) para prestar depoimento.  A mulher, que está grávida de 8 meses, é acusada de matar Genuir de Barros, 67 anos, e Marcelo de Barros, 37 anos, respectivamente pai e filho, por ciúmes do marido.

Reprodução

Bruna

 

Posteriormente, Bruna deve ser liberada, já que não consta um mandado de prisão em aberto contra ela. O caso aconteceu no final da tarde de sábado (22).

O delegado José Getúlio Daniel, responsável pelas investigações, afirmou que o caso é "sensível" e que os motivos dos assassinatos ainda estão sendo investigados.

“Ainda estamos investigando quais que são os motivos e os meios de execução para a realização desses fatos criminosos. Foram realizadas as perícias necessárias e estamos reunindo as provas. Certamente é uma investigação sensível, que deverá ser realizada com toda diligência, com calma, para podermos apresentar a veracidade dos fatos. São muitos envolvidos e certamente com a investigação poderemos entregar esses fatos esclarecidos”, explicou o delegado.

O CASO

De acordo com o boletim de ocorrência, a suspeita chegou à propriedade das vítimas procurando uma mulher de 33 anos, suposta amante de seu marido. A mulher não saiu de dentro da residência.

Seu irmão, então, foi tentar conversar com a suspeita e iniciaram uma discussão. Nesse momento, o marido da suspeita chegou ao local.

Em determinado momento, a mulher foi até o veículo e pegou uma arma, efetuando vários disparos contra a vítima de 37 anos, o irmão da suposta amante do marido.

Foi quando o pai do rapaz saiu em defesa do filho e a suspeita também efetuou diversos disparos contra ele. O marido da mulher conseguiu tomar arma dela.

A suspeita agrediu ainda a mãe da vítima de 37 anos e, em seguida, fugiu. Genuir não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O filho foi socorrido pelo marido de Bruna e encaminhado ao Hospital Municipal, mas a vítima morreu logo após dar entrada na unidade.

O marido da atiradora fugiu logo após deixar a vítima na unidade de saúde.

 

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros