Terça-feira, 25 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,39
euro R$ 5,79
libra R$ 5,79

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,39
euro R$ 5,79
libra R$ 5,79

Polícia Quinta-feira, 25 de Outubro de 2018, 08:41 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 25 de Outubro de 2018, 08h:41 - A | A

POLÍCIA INVESTIGA

Garota de programa morre ao ser apedrejada por 4 homens em Cuiabá

LUIS VINICIUS

Uma garota de programa identificada como Elciwany Rocha da Mata, de 43 anos, foi assassinada a pedradas por quatro homens, na noite de quarta-feira (24), no bairro CPA III, em Cuiabá.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

dhpp/a noite

 O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima estava na companhia de uma amiga travesti ingerindo bebida alcoólica e consumindo drogas nos fundos de um ginásio abandonado do bairro.

 

A testemunha contou que em seguida, cinco homens se aproximaram delas, sendo que a travesti foi para um canto do ginásio com um e Elciwany ficou com os outros quatro suspeitos.

 

Logo depois, a travesti relatou que ouviu pedidos de socorro. Quando a testemunha se aproximou viu os quatro homens apedrejando a vítima. A testemunha conta que ainda tentou socorrer a amiga, mas os homens a ameaçaram e disseram que se ela se aproximasse também seria morta.

 

Após as agressões, os assassinos fugiram. Em seguida, a testemunha chamou uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas quando os socorristas chegaram ao local, a garota de programa já estava morta.

 

O corpo de Elciwany foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para ser realizado exame de necropsia.

 

Policiais militares saíram em rondas, mas até a publicação da matéria, nenhum dos assassinos havia sido localizado.

 

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Os trabalhos serão comandados pela delegada Jannira Laranjeira.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

César 26/10/2018

Notícia errada, foi o travesti que matou a mulher, já pode corrigir.

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros