Segunda-Feira, 03 de Agosto de 2020, 11h:42

Tamanho do texto A - A+

Empresário é encontrado morto dentro de residência

Por: JOYCY AMBRÓSIO

O empresário Yvan Ângelo Schwab, 77 anos, foi encontrado morto em um quarto de sua casa, localizada no bairro Ipase, em Várzea Grande. A polícia trabalha com a hipótese de suícidio. 

Divulgação

Yvan Ângelo Schwab

Alessandro, um dos filhos de Yvan, relatou ao HiperNotícias que o pai estava triste. O quadro de depressão teria começado em fevereiro deste ano, quando o empresário precisou trocar uma prótese da perna esquerda. "Ele ficou alguns dias na UTI, isso já o debilitou muito, depois veio essa pandemia”.

No entanto, na última semana Yvan foi motivado pelos filhos a fazer uma bateria de exames, mas não foi diagnosticado nada no idoso. Os filhos já estavam percebendo o abatimento do pai.

“Ontem pela manhã eu e meu irmão falamos com ele que poderia contar conosco para tudo. Hoje pela manhã minha mãe saiu para comprar um remédio perto de casa. Quando voltou o encontrou”, disse o filho.

Desaparecimento

No último dia 20 o empresário desapareceu. Ele saiu de casa para ir até a sua empresa e depois não retornou à residência. A família então acionou a Polícia Civil, que começou as buscas pelo sumiço de Yvan.

Um dia depois, o carro do empresário foi encontrado abandonado em uma lanchonete localizada na BR-364. Segundo informações de pessoas do local, ele saiu a pé pela rodovia afirmando que voltaria para buscar o veículo. Dois dias depois, Yvan foi localizado por um dos filhos nas proximidades das Águas Quentes, também na BR-164.

LEIA MAIS: Idoso que estava desaparecido há dois dias é encontrado próximo à pousada Águas Quentes

“Há duas semanas ele deu uma saída do eixo e hoje pela manhã ele tirou a vida”, lembrou o filho.

Conforme boletim de ocorrência, a morte de Yvan foi confirmada à Polícia Militar por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que foi acionada para prestar socorro ao idoso. 

O caso foi encaminhado ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) e agora será investigado pela Polícia Civil.

Procure ajuda

O Centro de Valorização da Vida (CVV) conta com atendimento voluntário em todo o país, pelo número 188, oferecendo apoio psicológico para quem se sente solitário e adoecido, durante todo o ano.

A organização é uma das mais antigas do país. Atua no apoio emocional e na prevenção do suicídio por telefone, chat, e-mail e também pessoalmente. Procure ajuda. 

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei - 1