Polícia Sexta-feira, 13 de Novembro de 2020, 09:12 - A | A

Sexta-feira, 13 de Novembro de 2020, 09h:12 - A | A

AMEAÇOU A FILHA DA VÍTIMA

Dupla ameaça e tenta estuprar jovem de 18 anos em saída de festa

AMANDA DIVINA
DA REDAÇÃO

Dois homens de 30 e 39 anos foram detidos acusados de agredirem e tentarem estuprar uma jovem de 18 anos, no bairro Setor Industrial em Matupá ( a 697 km de Cuiabá), na madrugada desta sexta-feira (13). 

Reprodução

estupro, violência, agressão

Reprodução

Conforme o relato da mulher, ela estava com algumas amigas em uma boate no município de Peixoto de Azevedo.

Em certo momento, os dois homens se aproximaram e pagaram algumas bebidas para elas. No final da festa, a dupla perguntou se elas gostariam de ir em outra boate na cidade de Matupá.

As amigas foram em uma motocicleta e a jovem foi com os dois rapazes no carro.

Dentro do veículo, um dos suspeitos M.L.C.F perguntou para a vítima se ela ficaria com o amigo dele. Após a mulher dizer que talvez se relacionasse com ele, M.L.C.F ofereceu dinheiro para que ela tivesse relações sexuais com os dois.

Ao negar que realizaria o ato, a mulher pediu para retornar para Peixoto de Azevedo, dizendo que ficaria na casa de um familiar. Neste momento M.L.C.F afirmou que era policial e não iria fazer mal para ela. 

Logo após retornarem para Peixoto, enquanto estavam perto da residência da familiar da vítima, M.L.C.F segurou a mão da mulher e a impediu de descer do carro. Quando o suspeito percebeu que a jovem tinha uma tatuagem com o nome da filha, ele começou a fazer ameaças de morte dizendo que iria matá-la. O homem disse ainda que a mulher seria estuprada, morta e teria seu corpo deixado na estrada.

Minutos depois, o veículo onde eles estavam apresentou uma falha mecânica e não acelerava. Neste momento, a dupla começou a tirar a roupa da vítima, que tentou sair do carro.

M.L.C.F deu alguns socos no rosto da vítima, que para se defender, mordeu o braço do suspeito e conseguiu sair do carro. Depois de uma luta corporal com o suspeito, a mulher conseguiu telefonar para o 190 e durante um momento de distração dos criminosos, ela conseguiu fugir para uma região de mata. A dupla teria retornado à cidade. 

Na MT- 322, os suspeitos foram abordados e encaminhados à delegacia. O comparsa de M.L.C.F, acabou sendo preso por dirigir sob influência de álcool. O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros