Terça-feira, 21 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

Polícia Segunda-feira, 15 de Abril de 2024, 14:03 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 15 de Abril de 2024, 14h:03 - A | A

JARDIM PETRÓPOLIS

Criminoso morre ao ser baleado por PM durante roubo a residência em Cuiabá

Ele relatou que estava descendo as escadas quando se deparou com o suspeito, em posse de uma faca. Mesmo se identificando como militar, o criminoso não soltou a faca e partiu para cima do policial, que atirou

SABRINA VENTRESQUI
Da Redação

Um criminoso identificado como Gledi Goncalves Dias, de 44 anos, morreu ao ser baleado por um policial militar durante uma ocorrência de roubo, no bairro Jardim Petrópolis, em Cuiabá, na madrugada desta segunda-feira (15).

Segundo o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada às 1h25 e recebeu informações sobre uma invasão de domicílio em um condomínio situado no Jardim Petrópolis.

No local, os militares avistaram o solicitante, que estava na sacada de seu apartamento e muito nervoso. Ele afirmou que alguém havia tentado invadir seu apartamento e que ouviu uma mulher gritar por socorro.

A equipe foi até o apartamento da vítima, uma jovem de 23 anos, para colher o depoimento dela.  Ela contou que o criminoso adentrou no imóvel, dizendo que era de propriedade dele e que ele comandava o crime na região.

Em seguida, os policiais ouviram disparos de arma de fogo. Os agentes foram até o local dos disparos e encontraram o suspeito caído no chão, dentro do apartamento 204 e um policial militar perto da porta.

Ele relatou que estava descendo as escadas quando se deparou com o suspeito, em posse de uma faca. Mesmo se identificando como militar, Gledi não soltou a faca e partiu para cima do policial, que atirou.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou a morte de Gledi. A área foi isolada para os trabalhos da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e da Polícia Civil.

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). Um boletim de ocorrência foi confeccionado e entregue à Polícia Civil, que investiga o caso.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros