Nó De Cachorro Terça-feira, 24 de Maio de 2011, 17:22 - A | A

Terça-feira, 24 de Maio de 2011, 17h:22 - A | A

Nota da AMPCON

A Associação Nacional do Ministério Público de Contas (AMPCON) encaminhou Nota de Esclarecimento a Hipernotícias na qual garante que “as informações veiculadas (pela imprensa), que envolvem supostamente ministros e conselheiros dos tribunais de contas brasileiros que sofreram ou enfrentam algum tipo de investigação, não foram produzidas pela AMPCON”. A nota, de duas páginas, recomenda ainda que “conquanto não tenham sido divulgados fatos novos, não seria adequado considerar os agentes públicos mencionados como suspeitos ou culpados de qualquer ato, pelo menos aqueles que não tenham sido condenados por decisão transitada em julgado, apenas em virtude de referências veiculadas pela imprensa”. No caso mato-grossense, o atual conselheiro Alencar Soares e o ex-conselheiro e atual deputado federal Júlio Campos estão sendo questionados. O primeiro, sob a acusação de pressionar prefeitos para apoiar seu filho, que foi candidato a deputado ano passado – em troca de pareceres favoráveis do TCE. O segundo é investigado por mando de assassinato. Ambos negam as acusações.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros