Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 17h:16

Tamanho do texto A - A+

Bolsonaro na mão de Jayme

O senador Jayme Campos (DEM), na função de presidente do Conselho de Ética do Senado,  vai ser o responsável por analisar e dar parecer sobre uma representação por quebra de decoro parlamentar contra o senador Flávio Bolsonaro (sem partido), filho do presidente da República Jair Bolsonaro

reproducao

jayme campos

 

A representação foi proposta por parlamentes do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), da Rede Sustentabilidade (Rede) e do Partido dos Trabalhadores (PT). Eles acusam Flávio de ter ligações com a milícia carioca e criticam a postura dele ao postar um vídeo da suposta autópsia realizada no cadáver do ex-capitão da Polícia Militar do Rio de Janeiro Adriano Nóbrega, morto na Bahia, durante uma ação policial.

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei