Sexta-feira, 19 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,58
euro R$ 6,09
libra R$ 6,09

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,58
euro R$ 6,09
libra R$ 6,09

Mundo Domingo, 16 de Junho de 2024, 11:15 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Domingo, 16 de Junho de 2024, 11h:15 - A | A

Tiroteio em parque aquático deixa 9 pessoas feridas nos EUA

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

Nove pessoas ficaram feridas, incluindo duas crianças pequenas e a mãe delas, após um atirador ter aberto fogo em um parque aquático no subúrbio de Detroit, nos Estados Unidos, neste sábado, 15. Durante o ataque, um menino de 8 anos foi baleado na cabeça e está em estado crítico, segundo informações do xerife do condado de Oakland, Mike Bouchard, à imprensa local.

A mãe da criança também está em estado grave depois de ter sido ferida no abdômen e na perna. Uma segunda criança da mesma família está em situação estável com um ferimento na perna.

Inicialmente, as autoridades acreditavam que cerca de 10 pessoas tinham sido atingidas mas o número foi revisto depois de terem consultado os hospitais da região. Além das crianças baleadas e da mãe, as outras seis vítimas estão em condições estáveis, todas elas têm 30 anos ou mais, de acordo com as autoridades.

O tiroteio ocorreu pouco depois das 17 horas num parque da cidade em uma área com pulverizadores e fontes de água. Durante entrevista, o xerife explicou que o ataque parecia ser aleatório, o homem não morava em Rochester Hills, onde ocorreu o crime, e os investigadores ainda não sabem por que ele escolheu o parque aquático como alvo.

Pelo menos uma testemunha alegou que o autor dos disparos parecia usar duas armas de mão durante o ataque, informação que ainda é averiguada, disse o xerife. O homem teria disparado 28 vezes, parando várias vezes para recarregar.

Após o ataque, policiais seguiram o suspeito até uma casa, no local o atirador morreu com um tiro disparado por ele mesmo. Além da utilizada no crime, outra arma também foi localizada no interior da casa. Para as autoridades, a rápida contenção do suspeito pode ter evitado um "segundo capítulo" do tiroteio.

O nome do autor do crime não foi divulgado mas de acordo com a polícia americana se trata de um homem branco de 42 anos.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros