Mundo Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011, 11:40 - A | A

Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011, 11h:40 - A | A

ELEIÇÕES

Em clima de calma, egípcios votam nas primeiras eleições pós-Mubarak

Antes da votação, criminosos explodiram gasoduto na península do Sinai

PORTAL R7

Os egípcios começaram a votar nesta segunda-feira (29) nas primeiras eleições legislativas realizadas no país em mais de 30 anos, período do mandato do ex-líder Hosni Mubarak, derrubado em fevereiro. As eleições acontecem em meio a um clima de tensão, marcado por protestos que há dez dias afetam a região central da capital, Cairo.

Longas filas se formavam nas entradas dos colégios eleitorais do Cairo, em contraste com a baixa participação de eleitores nos pleitos das últimas décadas. Mais de 17 milhões de pessoas estão habilitadas para votar em nove províncias do Egito, entre elas Cairo e Alexandria, na primeira das três fases em que está dividido o processo eleitoral, que se prolongará até março.

A campanha eleitoral foi ofuscada pelo aumento dos protestos violentos contra o comando militar, que deixaram 42 mortos e 3.000 feridos nos últimos dias.

Apesar disso, centenas de pessoas aguardavam sua vez para votar na capital egípcia, num ambiente pacífico, em meio a uma grande mobilização das forças de segurança, além de unidades militares.

No total, serão eleitos 498 membros da Assembleia do Povo (Câmara dos Deputados) e outros 10 serão nomeados pelo marechal Hussein Tantawi.

Poucas horas antes do início da votação, um grupo de criminosos provocou uma explosão em um gasoduto ao oeste da cidade de El Arish, na península do Sinai.

O gasoduto fornece combustível a Israel. Até o momento, as autoridades não calcularam os danos.

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros