Mundo Segunda-feira, 25 de Julho de 2011, 09:45 - A | A

Segunda-feira, 25 de Julho de 2011, 09h:45 - A | A

TRAIDOR MALDITO

Durou meia hora a primeira audiência do atirador que matou 93 na Noruega

A acusação havia afirmado que iria pedir oito semanas de prisão preventiva para ele, prazo que poderá ser prorrogado se necessário

PORTAL G1

A primeira audiência de Anders Behring Breivik, acusado de matar 93 pessoas em dois ataques na sexta-feira na região de Oslo, terminou após cerca de meia hora, segundo o tribunal.

O comboio com Breivik já deixou o local. Ainda não havia informação oficial sobre o que foi decidido.

A acusação havia afirmado que iria pedir oito semanas de prisão preventiva para ele, prazo que poderá ser prorrogado se necessário. A decisão cabe ao juiz Kim Heger.

'Traidor maldito'
Na chegada ao tribunal, manifestantes gritando "traidor maldito" atacaram o carro em que ele estaria, segundo testemunhas.

Segundo um dos manifestantes, Breivik estava no banco de trás do carro, ladeado por dois policiais.

"Todos querem que ele morra", disse um dos manifestantes, que não quis se identificar.

O advogado do atirador, Geir Lippestad, entrou pela porta principal, abrindo passsagem com grande dificuldade entre os jornalistas.

Breivik, um norueguês de 32 anos, assumiu a autoria da explosão que destruiu prédios do governo no centro de Oslo e também o ataque a tiros que matou jovens em uma colônia de férias do Partido Trabalhista, do governo, na sexta-feira.

Ele chegou ao tribunal por uma porta escondida, para a primeira audiência do caso, que foi a portas fechadas, a pedido da polícia. Muitos jornalistas se aglomeravam, dificultando a aproximação do comboio.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros