Links Externos Sábado, 13 de Agosto de 2011, 12:55 - A | A

Sábado, 13 de Agosto de 2011, 12h:55 - A | A

De uma boa idéia nasce um empresário

1980. Um cuiabano volta para a cidade natal depois de se formar em economia na Universidade de Brasília. Jorge Luiz de Matos morou oito anos na capital do país. Quando estudante comprava e revendia roupas para os amigos. Mostra do interesse de Jorge Luiz pela atividade comercial. Mas o emprego que conseguiu foi na COBAL, companhia brasileira de alimentos. Foi quando surgiu a oportunidade de retornar para Cuiabá para trabalhar na central de serviços da COBAL nessa região.

Na época o rapaz de 25 anos não imaginava que num curto espaço de tempo sua vida tomaria novos rumos.

Foi no mesmo ano que Jorge Luiz de Matos casou. Ele conta que foi na lua de mel a inspiração para se transformar no empresário que é hoje.

Em Santa Catarina, para onde viajou com a mulher, Jorge conheceu uma loja de perfumes chamada “Água de Cheiro”, com marca exclusiva. “Naquele momento que comprava presente de lembrança para parentes via a oportunidade de abrir um negocio parecido aqui”, conta.

Há dezenove anos se comprava perfume em Cuiabá nos supermercados e farmácias.

Logo que voltou Jorge Luiz e a mulher abriram a empresa Matos e Matos, com uma perfumaria multimarcas chamada Cheiro de Amor. A loja foi montada na sala da casa de uma tia de Jorge.

Hoje ele é um franquiado da marca O Boticário. A empresa Matos e Matos têm 40% das lojas do O Boticário em Mato Grosso. São seis espalhadas em Cuiabá e Várzea Grande. O empresário é daqueles que tem um perfil ousado. Em época de crise investiu em reformas e, nesse mês está inaugurando mais uma no shopping Três Américas.
Para Jorge Luiz Matos apesar da crise mundial, Mato Grosso é um estado que tem potencial.

“Nosso mercado é ainda muito carente no atendimento ao cliente. Investir nessa área atrai o consumidor e garante lucratividade”.

O empresário aposta todas as cartas no recursos humanos da empresa. Uma característica do trabalho é a valorização profissional. As vendedoras são chamadas de consultoras de venda. “São funcionarias capacitadas em treinamentos constantes para estarem sempre prontas para atender o cliente. A Matos e Matos têm ate mesmo um departamento de desenvolvimento do ser humano”.

Para o senhor, qual o perfil do empresário de sucesso?

JLM: Para ter sucesso é preciso saber o que quer, ser persistente, usar a criatividade, ter visão a longo prazo, saber aproveitar as oportunidades e transmutar os obstáculos.

Redação: Cristiane Lima, Raphaella Padilha e Rogério Andreatta.
Editor responsável: Rogério Andreatta – DRT/MT 358

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros