Terça-feira, 21 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

Entretenimento Segunda-feira, 18 de Abril de 2016, 09:30 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 18 de Abril de 2016, 09h:30 - A | A

LUTO

Marrone soube da morte do pai após deixar turnê para ir a hospital de GO

Cantor disse que sentiu "algo ruim" no PI: "Deus estava mandando ir embora". Vicente Domingos, 83, morreu após quase um mês internado em Goiânia.

G1

O cantor sertanejo Marrone contou que soube da morte do pai Vicente Domingos Ferreira, de 83 anos, quando seguia para um hospital de Goiânia para visitá-lo. O sertanejo, que estava no Piauí, disse que sentiu “algo ruim” e decidiu deixar a turnê para ficar perto do idoso, mas não chegou a tempo de encontrá-lo com vida.

 

Divulgação

Marrone

 

“Eu não quis seguir viagem, disse ao Bruno [seu parceiro de dupla] que não estava legal, que estava sentindo algo ruim e que ia vir embora para Goiânia ficar com minha família e meu pai enquanto ele estava vivo, me parece que Deus estava mandando ir embora. Quando cheguei , terminei de almoçar e fui ao encontro do meu pai, quando estava na metade do caminho o médico me ligou [informando da morte do pai], me arrepiei todo”, declarou o cantor.

 

Marrone contou que dedicou o show de sexta-feira (15) em São Raimundo Nonato (PI) ao pai. No dia seguinte, como não estava bem, voltou a Goiânia.

Vicente, também conhecido como “Amiguinho”, morreu na tarde de sábado (16). Segundo a assessoria de imprensa de Marrone, o idoso estava internado há quase um mês com quadro de insuficiência cardíaca, pneumonia e derrame nos pulmões. Ele não resistiu ao sofrer uma parada cardíaca.

 

 

Inicialmente, o corpo de Vicente foi velado no Cemitério Jardim das Palmeiras, na capital. Depois, por volta das 9h de domingo, foi levado a Buriti Alegre para ser sepultado. Segundo Marrone, o pai desejava ser enterado na cidade onde nasceu.

 

O sertanejo destacou a importância de Vicente na vida dele. "Devo tudo ao meu pai. Ele foi embora, mas deixou a sua missão cumprida porque meu pai foi uma pessoa maravilhosa Deus quis assim. Chegou a hora dele, cumpriu com a missão dele", declarou.

 

Nas redes sociais, Marrone também lamentou a morte do pai e ressaltou a dor que sente pela perda. “Embora sua partida nos tenha deixado devastados, sabemos que ao lado de Deus o senhor continuará sendo essa alma iluminada e continuará olhando por nós. Pedimos a Deus que nos ajude a enfrentar este momento de tanta dor e tristeza com força e serenidade. Que o Senhor console os nossos corações. Fique em paz, meu Papai querido! Amém”, escreveu o cantor.

 

A assessoria de imprensa da dupla informou que Marrone ainda não definiu se cumprirá normalmente a agenda de shows.

 

Homenagens

 

Primo de Marrone, o empresário Jardel Alves Borges disse que o tio era uma pessoa que "alegrava qualquer ambiente que chegava". "Ele era uma pessoa muito alegre, muito amiga de todos, extremamente feliz. É uma perda muito grande", disse após o enterro.

 

Em uma publicação nas redes sociais, o cantor Bruno desejou força ao familiares de Marrone para superar a morte de Vicente. "Descanse em paz, Seu Vicente, nossas orações serão para que Marrone e todos de sua família tenham força para superar esta perda", escreveu o sertanejo.

 

O cantor Leonardo, amigo de Marrone, compartilhou a mesma imagem postada por Bruno e escreveu: “Meus sinceros sentimentos ao meu grande amigo @marrone_coronel e toda sua família pela partida deste grande homem Seu Vicente! Que Deus o receba de braços abertos”.

Divulgação

Marrone

 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros