Sexta-feira, 19 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,58
euro R$ 6,09
libra R$ 6,09

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,58
euro R$ 6,09
libra R$ 6,09

Economia Sexta-feira, 14 de Junho de 2024, 15:30 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 14 de Junho de 2024, 15h:30 - A | A

Juros poderão ser cortados se tivermos mais dados como os de maio, diz Goolsbee, do Fed

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

O presidente do Federal Reserve (Fed) de Chicago, Austan Goolsbee, reiterou nesta sexta-feira, 14, que a evolução dos preços determinará os próximos passos da política monetária. Em evento com agricultores no Estado americano do Iowa, o dirigente argumentou que, se os próximos meses tiverem dados de inflação "bons" como os de maio, a autoridade monetária estará em posição para cortar juros.

Goolsbee, que não vota nas reuniões deste ano do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês), reforçou que a taxa básica só será reduzida quando houver evidências de que a inflação caminha de maneira sustentável em direção à meta de 2%. O dirigente se disse confiante de que esse cenário será alcançado e afirmou se opor a uma mudança desse objetivo.

Segundo Goolsbee, há um consenso entre os integrantes do FOMC de que a inflação e os juros eventualmente cairão. Ele lembrou que, embora os índices de preços tenham se aproximado de 10% em meados de 2022, as expectativas inflacionárias permaneceram ancoradas nos EUA.

O dirigente acrescentou que vê um caminho para o controle da inflação sem a ocorrência de uma recessão nos EUA. De acordo com ele, no entanto, há algum risco de que cortes de juros na Europa impulsionem o dólar.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros