Economia Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2011, 08:01 - A | A

Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2011, 08h:01 - A | A

ALTA

IGP-M recua em dezembro mas sobe 5,1% no acumulado do ano, diz FGV

Índice conhecido como inflação do aluguel caiu 0,12% em dezembro

G1

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários e, por essa razão, conhecido como a inflação do aluguel, recuou 0,12% em dezembro, de acordo com a pesquisa divulgada pela Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira (29). Apesar desta queda, entre janeiro e dezembro de 2011, o IGP-M acumula alta de 5,1%.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que integra o IGP-M, teve variação negativa de 0,48%, após ter subido 0,52% em novembro.

Também integrante do IGP-M, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) apresentou variação de 0,71%. Em novembro, a alta havia sido de 0,43%. Das sete classes de despesa, cinco registraram avanço em suas taxas de variação, com destaque para o grupo de gastos com alimentação (de 0,52% para 1,24%). Nesse grupo, as maiores influências partiram de carnes bovinas (de 1,95% para 5,36%), frutas (de 0,72% para 4,37%) e panificados e biscoitos (0,08% para 1,56%).

PARA O CONSUMIDOR

Apresentaram comportamento semelhante as variações dos grupos de transportes (de -0,06% para 0,53%), saúde e cuidados pessoais (de 0,37% para 0,64%), vestuário (de 0,76% para 1,10%) e despesas diversas (de 0,23% para 0,37%).

Na contramão, tiveram recuos os grupos de habitação (de 0,53% para 0,38%) e educação, leitura e recreação (de 0,46% para 0,44%). Também foi divulgado o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), que ficou em 0,35% em dezembro, abaixo do 0,5% apurado em novembro.

O IGP‐M é calculado com base nos preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros