Domingo, 19 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

Economia Quinta-feira, 18 de Abril de 2024, 05:30 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 18 de Abril de 2024, 05h:30 - A | A

Bolsas da Ásia fecham em alta, com demanda por barganhas após quedas recentes

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

Por Sergio Caldas*

São Paulo, 18/04/2024 - As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam majoritariamente em alta nesta quinta-feira, com algumas delas interrompendo uma sequência de perdas recentes em meio à demanda por barganhas, apesar do fraco desempenho de Wall Street ontem.

Liderando ganhos na região asiática, o índice sul-coreano Kospi avançou 1,95% em Seul, a 2.634,70 pontos, depois de acumular perdas por quatro sessões consecutivas, o japonês Nikkei subiu 0,31% em Tóquio, a 38.079,70 pontos, após três pregões negativos, o Hang Seng teve alta de 0,82% em Hong Kong, a 16.385,87 pontos, e o Taiex registrou ganho de 0,43% em Taiwan, a 20.301,20 pontos.

Tanto em Tóquio quanto em Seul, predominou a busca por ações que ficaram mais baratas na recente onda de liquidação.

Na China continental, os mercados ficaram perto da estabilidade e sem direção única, após os robustos ganhos de ontem. O Xangai Composto mostrou alta marginal de 0,09%, a 3.074,22 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto recuou 0,11%, a 1.698,92 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana também teve um dia de recuperação, após cinco pregões seguidos de perdas. O S&P/ASX 200 avançou 0,48% em Sydney, a 7.642,10 pontos.

O bom humor prevaleceu na Ásia e no Pacífico apesar das perdas generalizadas das bolsas de Nova York ontem, quando os índices S&P 500 e Nasdaq caíram pela quarta sessão consecutiva.

Contato: [email protected]

*Com informações da Dow Jones Newswires


(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros