Sábado, 19 de Setembro de 2020, 18h:12

Tamanho do texto A - A+

Reserva Sesc Pantanal perde área equivalente a 100 mil campos de futebol

Por: RAYNNA NICOLAS

A Reserva Sesc Pantanal, considerada a maior reserva particular do país, perdeu 95% de sua área para os incêndios que atingem a região de Barão de Melgaço (113 km de Cuiabá). Isto é, dos 108 mil hectares totais, mais de 100 mil foram destruídos pelo fogo. A informação foi confirmada neste sábado (19), durante diligência do Poder Legislativo nas áreas atingidas pelas chamas.

Mauro Pimentel/AFP

queimadas pantanal

 

A área, que corresponde a cerca de 1% do território total do Pantanal mato-grossense, é protegida pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) há 24 anos. Os incêndios, que começaram ainda no final de julho deste ano, foram os maiores registrados desde o reconhecimento da Reserva.

Informações do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBM-MT) revelam que no combate ao fogo na Reserva Sesc Pantanal, bem como em outras localidades do bioma, já foram empregados 862 mil litros d'água, dois helicopteros, quatro air tractors, uma aeronave do próprio Sesc, 14 caminhonetes, 10 pas carregadeiras, cinco tratores pipa, um auto tanque de combustível, dois quadriciclos, uma van e uma unidade de resgate.

Além do aparato físico, o combate aos incêndios já contou, oficialmente, com 766 profissionais entre bombeiros de Mato-Grosso e Mato-Grosso do Sul, militares da Marinha, Exército, Força Aérea e da Polícia Militar, servidores do IBAMA, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA), do Sesc e voluntários da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). 

Há 44 dias esses profissionais combatem o fogo. Atualmente, 172 atuam no Pantanal. 

Entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, o Pantanal conta com quase 7 milhões de hectares de extensão, sendo 4,9 milhões de hectares de área protegida. Até a atualização divulgada neste sábado (19), o fogo tinha devastado 1,7 milhões de hectares desse total. 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei