Sexta-feira, 12 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

Cidades Sábado, 17 de Dezembro de 2022, 11:35 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sábado, 17 de Dezembro de 2022, 11h:35 - A | A

ESTAVA COM VÁRIOS HEMATOMAS

Mulher é resgatada pela PM após gritar por socorro de dentro da caminhonete

Ao ser perguntada sobre as agressões, a mulher afirmou que, por motivos de ciúmes, o suspeito teria lhe agredido com coronhadas na cabeça

DA REDAÇÃO

Policiais militares do 4º Batalhão resgataram uma mulher vítima de violência doméstica e prenderam um homem, de 50 anos, por lesão corporal, ameaça e porte ilegal de arma, nesta sexta-feira (16.), em Várzea Grande. A vítima estava pedindo socorro de dentro de uma caminhonete.

Conforme o boletim de ocorrência, a equipe do 4º BPM foi acionada durante a madrugada após receber informações de uma mulher que estaria pedindo por socorro, no bairro Jardim Glória. De imediato, os policiais militares iniciaram diligências pela região e se depararam com um pedido de socorro, vindo de uma mulher, que estava dentro de uma caminhonete S10 branca.

No procedimento de abordagem ao veículo, os militares identificaram que a vítima estava com ferimentos pelo corpo. Ao ser perguntada sobre as agressões, a mulher afirmou que, por motivos de ciúmes, o suspeito teria lhe agredido com coronhadas na cabeça e teria lhe arrastado para o carro fazendo ameaças de morte.

O suspeito também foi localizado no veículo e negou as agressões. Porém, ao ser questionado se teria algum material ilícito na caminhonete, o homem revelou que estava com uma arma de fogo no porta-luvas do carro.

Em vistoria veicular, os policiais militares encontraram uma pistola calibre .9mm no local indicado pelo suspeito. Ainda foram localizados, uma maleta contendo carregadores e munições da arma e uma fita adesiva, que teria sido utilizada para amarrar a vítima das agressões.

Diante dos fatos, o suspeito recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Central de Flagrantes, para registro da ocorrência e demais providências que o caso requer.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros