Cidades Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2020, 17:10 - A | A

Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2020, 17h:10 - A | A

PANDEMIA

Mato Grosso registra em 24 horas 740 novos casos e 16 óbitos por Covid-19

REDAÇÃO

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (31), 180.451 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso e 16 óbitos registrados nas últimas 24h. Ao todo 4.520 mortes foram registradas em decorrência do coronavírus no Estado.

Reprodução

Teste covid

Reprodução

Foram notificadas 741 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 180.451 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 5.440 estão em isolamento domiciliar e 169.764 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 197 internações em UTIs públicas e 198 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 48,88% para UTIs adulto e em 23% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (40.771), Rondonópolis (12.890), Várzea Grande (12.593), Sinop (9.765), Sorriso (8.000), Tangará da Serra (7.635), Lucas do Rio Verde (7.509), Primavera do Leste (5.759), Cáceres (4.064) e Nova Mutum (3.757).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 149.747 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 560 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última quarta-feira (30.12), o Governo Federal confirmou o total de 7.619.200 casos da Covid-19 no Brasil e 193.875 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 7.563.551 casos da Covid-19 no Brasil e 192.681 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de quinta-feira (31.12).

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros