Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

Cidades Terça-feira, 19 de Julho de 2016, 11:16 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 19 de Julho de 2016, 11h:16 - A | A

LATROCÍNIO NO PARQUE CUIABÁ

Juiz condena casal que matou comerciante a oito anos de prisão, mas dois comparsas são absolvidos

MAX AGUIAR

O juiz Flávio Miraglia Fernandes, titular da Quinta Vara Criminal de Cuiabá, condenou dois jovens e absolveu outros dois que foram presos pela Polícia Civil em abril de 2015, acusados de participar de um roubo seguido de morte no bairro Parque Cuiabá. A vítima, um representante comercial de 51 anos, foi executada com dois tiros nas costas quando saia da casa para pedir ajuda.

 

Arquivo Pessoal

juiz Flavio Miraglia

Decisão foi proferida pela juiz Flavio Miraglia no dia 1º de julho deste ano

O crime chocou a Capital pela forma mirabolante e planejada como ocorreu. Com medo de novos ataques, a família da vítima até já mudou do bairro.

 

Segundo o que relata o inquérito do caso, duas mulheres e dois homens entraram na casa da família de Zildo Marques Damasceno, armados com uma espingarda calibre 12 e um revólver, e promoveram horas de terror que jamais serão esquecidas pelas vítimas.

 

Em sua decisão, Miraglia determinou que Débora Alvarenga e Paulo Henrique Ferreira fossem colocados em liberdade, e condenou em oito anos e dez meses de reclusão a dupla Carlos Alexandre Costa Ferreira, por ter planejado o roubo, e Renata Patielly da Silva Ribeiro, por ter participado e atirado contra o representante comercial Zildo Marques.

 

Alexandre cumprirá pena em regime fechado na Penitenciária Central do Estado e Renata Patielly no presídio Ana Maria do Couto May. Vale ressaltar que Patielly já cumpria pena no regime semiaberto por ter participado de outro crime com um bando do bairro Pedra 90. Desde que foi presa, Renata faz posts no Facebook dizendo que em breve estará em liberdade.

 

O CRIME

De acordo com as investigações, o suspeito Carlos Alexandre Costa Ferreira, um adolescente de 14 anos, e as duas mulheres, Débora Procópio Alvarenga e Renata Patielly da Silva Ribeiro, renderam o filho da vítima quando ele entrava com o carro na garagem da casa. Em seguida, o representante comercial Zildo Marques, a esposa e outros dois filhos, que estavam no interior da residência, foram rendidos pela quadrilha, que passou a vasculhar o imóvel à procura de joias, dinheiro e objetos de valor. O crime aconteceu no dia 23 de abril de 2015.

 

Arquivo Pessoal/Facebook

RENATA PATIELLY

Renata Patielly irá cumprir oito anos em regime fechado por matar representante comercial no Parque Cuiabá

Nesse momento, Carlos Eduardo e o menor mandaram o casal deitar na sala com o rosto virado para o chão enquanto eles faziam o limpa na casa. Os bandidos pegaram aparelhos eletrônicos e colocaram no carro do filho da vítima, mas na hora de fugir não encontraram a chave do veículo. Eles começaram a ficar nervosos e um dos dois filhos do comerciante entrou em luta corporal com Carlos Alexandre dentro do banheiro, onde eles estavam trancados.

 

Em depoimento, um dos filhos do casal, com nome de Diego, disse que tomou a arma do rapaz e começou a bater nele. Nisso, o representante comercial tentou sair da casa para buscar ajuda e foi executado com dois tiros de espingarda calibre 12, disparados por Renata Patielly.

 

No mesmo instante, o menor e as duas mulheres fugiram, deixando dentro da casa apenas o comparsa Carlos Alexandre, que estava ferido e acabou sendo baleado outras duas vezes pelos policiais militares que entraram na residência.

 

A Polícia Civil foi acionada e prenderam todos os participantes do crime em menos de 24 horas, inclusive o motorista do carro que deu fuga ao bando, identificado como Paulo Henrique Ferreira Tavares, 24 anos.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros