Terça-feira, 21 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

Cidades Quinta-feira, 16 de Junho de 2016, 18:33 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 16 de Junho de 2016, 18h:33 - A | A

OPORTUNIDADE

Governo autoriza concurso para Perícia Técnica

REDAÇÃO

O governo do Estado autorizou concurso para os cargos de Papiloscopista e Técnico de Necropsia da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), órgão da Secretaria de Segurança Pública (Sesp).

 

GCom-MT

politec

 

A autorização determina o provimento de cem cargos vagos de Papiloscopistas e 60 cargos vagos de Técnico em Necropsia, para a capital e interior do Estado. As vagas são para cadastro de reserva com nomeações previstas para começar em 2017, condicionadas a previsão orçamentária e adequação aos limites dos gastos com pessoal da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

 

O concurso atende o interesse público para o reforço/recomposição do setor, tão importante para a Segurança Pública do Estado. O quadro atual de servidores é insuficiente para atender a demanda estadual, acarretando atrasos na entrega de documento de identificação, sobretudo no interior.

 

Outra dificuldade é desenvolver os trabalhos ininterruptos por meio de plantões de 24h para os Técnicos em Necropsia. O quadro legal dos efetivos da Politec é de 238 cargos de Papiloscopista e 86 cargos de Técnico em Necropsia, dos quais estão ocupados 135 cargos de Papiloscopista e 43 de Técnico em Necropsia.

 

Os Papiloscopistas trabalham na identificação dos corpos não identificados que dão entrada no Instituto Médico Legal (IML), processam e emitem carteiras de identidade e atuam em ocorrências policiais. Uma das profissões mais antigas do estado, desde 1921, eles são responsáveis pela organização de toda base civil e criminal de impressões digitais do Estado, atuando na elaboração de cadastros criminais e emissão das folhas de antecedentes. Já o Técnico de Necropsia auxilia no trabalho de identificação e manuseio de corpos do IML.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros