Terça-feira, 25 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,39
euro R$ 5,79
libra R$ 5,79

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,39
euro R$ 5,79
libra R$ 5,79

Cidades Sexta-feira, 24 de Maio de 2024, 19:24 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 24 de Maio de 2024, 19h:24 - A | A

EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA

Desafio Liga Jovem chega a Mato Grosso com ações em escolas de Cuiabá

Iniciativa do Sebrae em parceria com o Instituto Ideias de Futuro, inscreve estudantes na maior competição de empreendedorismo tecnológico na escola do Brasil

DA REDAÇÃO

O Desafio Liga Jovem, a maior competição de empreendedorismo tecnológico nas escolas do Brasil, está de volta para a sua segunda edição. Realizado pelo Sistema Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e executado pelo Instituto Ideias de Futuro, o DLJ2 visita cinco escolas em Cuiabá, na próxima semana, para orientar sobre o regulamento, projetos e premiações.

A expectativa é de sensibilizar pelo menos 1.200 alunos e elevar a participação de Mato Grosso na disputa nacional. Mais de 25 mil estudantes e professores de toda a rede de ensino do país já se inscreveram pelo site. As equipes de ativação estarão nas escolas entre os dias 20 e 24 de maio. A abertura da ação será na segunda-feira (20.05) na Escola Estadual Militar Dom Pedro II (antiga Escola Presidente Médici).

O objetivo do Desafio Liga Jovem é estimular estudantes a criarem soluções inovadoras para problemas do seu entorno. São 4 categorias: Ensino Médio (8º e 9º ano do Ensino Fundamental); Educação Profissional (Técnico) e Educação Superior (Graduação e Tecnólogo). A iniciativa permitirá compreender como os estudantes de todo o país percebem e lidam com as questões sociais de suas comunidades por meio do empreendedorismo tecnológico.

Na primeira edição, os mais de 5 mil estudantes inscritos apresentaram um panorama dos temas mais impactantes em seu cotidiano. Educação, Meio Ambiente, Acesso a Serviços, Saúde Mental e Saúde em Geral são os 5 problemas sociais mais apontados nos projetos desenvolvidos em 2023. Este ano, o número de vagas é 4 vezes maior.

Outra importante novidade são as políticas afirmativas para estudantes da rede pública de ensino: 4 em cada 6 projetos classificados para as disputas regionais serão desse público. A partir dessa etapa, esses jovens terão um acréscimo de pontuação de 15% na avaliação de seus projetos. O intuito é equalizar as oportunidades para participantes com mais ou menos estrutura para desenvolver seus trabalhos.

Segundo o gerente de Desenvolvimento Territorial do Sebrae/MT, Sandro Rossi, o foco da ação é destacar aos jovens a importância de ter atitudes empreendedoras para solucionar problemas.

“Esta é uma ação que promove reflexões e estratégias aos estudantes, para promovermos entre os alunos o olhar para os problemas da comunidade e despertar neles a vontade de resolver as demandas existentes no seu bairro, no seu setor, na sua rua, na sua cidade. O nosso foco é mostrar que as competências empreendedoras podem ser atribuídas ao olhar de propor soluções. Empreender vai além de abrir um negócio, mas é incentivar neles este olhar resolutivo”, explica.

A gestora do Desafio Liga Jovem no Sebrae, Elaine Novetti conta que essa edição trará várias inovações e mantem a imparcialidade na avaliação da competição entre os jovens.

“A 2ª Edição do Desafio Liga Jovem vem cheia de novidades e oportunidades, ampliando o escopo do projeto com seletivas estaduais, regionais e nacional, além de trazer ações que visam a equidade entre os participantes, tais como a destinação de dois terços das vagas na etapa inicial para a escola pública, entre outras medidas. Nosso objetivo é que esta edição do Desafio Liga Jovem se consolide como o maior campeonato de empreendedorismo do país”, ressalta a gestora.

Para a fundadora do Instituto Ideias de Futuro, Jaciara Cruz, a ação contribui com a experiência dos alunos e amplia o horizonte sobre o assunto ‘empreendedorismo’.

“A iniciativa é uma oportunidade para o jovem experimentar uma vivência profissional e de desenvolvimento de projetos sem enfrentar barreiras, sem qualquer tipo de processo seletivo prévio ou conhecimentos em tecnologia ou empreendedorismo. Pelo contrário, é uma experiência que ajuda o estudante a superar barreiras, tanto na entrada quanto na evolução no mercado de trabalho. A ampliação da segunda edição do Desafio Liga Jovem para estudantes do Tecnólogo e Superior, além de um ano a mais para estudantes do Fundamental, visa estender essa demanda para todas as esferas educacionais do país”, diz Jaciara.

Dinâmica do DLJ2

A 2ª edição do Desafio Liga Jovem apresenta 4 categorias, uma para cada nível de ensino. Oferece 3 etapas: estaduais, regionais e nacional, nas quais todos os vencedores são premiados. Ao final, os primeiros colocados de cada categoria ganham uma viagem internacional, além de notebooks para estudantes e educadores. Neste ano, o Desafio Liga Jovem tem o objetivo de impactar diretamente 20 mil estudantes, vindos de todas as regiões brasileiras, com o objetivo de alcançar 4 mil equipes inscritas.

SERVIÇO

As inscrições para o Desafio Liga Jovem estão abertas até 7 de junho pelo site. A participação é gratuita.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros