Brasil Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011, 19:58 - A | A

Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011, 19h:58 - A | A

DENÚNCIAS

Comissão marca nova data para ouvir Lupi na Câmara

Líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (SP), afirmou que há uma campanha contra o ministro

DA FOLHA DE SÃO PAULO

Geraldo Magela/ Agência Senado

A Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara marcou para o dia 6 de dezembro uma nova convocação do ministro do Trabalho, Carlos Lupi, para que ele explique novas denúncias de irregularidades.

Segundo o presidente da comissão, deputado federal Filipe Pereira (PSC-RJ), uma série de "desencontros" adiou a data para a semana que vem. A comissão queria ouvir amanhã o ex-secretário de Políticas Públicas Ezequiel Nascimento. No entanto, Nascimento já avisou que não atenderá ao convite.

Nascimento estava no voo que o ministro fez ao Maranhão em 2009 em um avião disponibilizado por um empresário que tem contratos com a pasta.

Pereira negou que haja pressão do governo para adiar a ida de Lupi. "Se há o que explicar, não esfria o caso. Este acordo foi feito quando a convocação foi aprovada", disse.

O líder do PDT na Câmara, Giovanni Queiroz (PA), defendeu a ida de Lupi à Casa para explicar as novas denúncias. A situação do ministro se agravou neste final de semana após a Folha revelar que ele foi funcionário-fantasma por cerca de seis anos na Câmara.

"Sou a favor de não esconder nada para debaixo do tapete."

O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (SP), afirmou que há uma "campanha" contra Lupi.

A assessoria do ministro disse que ainda não tomou conhecimento da data.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros