Terça-feira, 28 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,62
libra R$ 5,62

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,62
libra R$ 5,62

Últimas Quarta-feira, 20 de Abril de 2016, 16:00 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 20 de Abril de 2016, 16h:00 - A | A

CARAVANA DA INTEGRAÇÃO

Unemat e Fiemt confirmam participação na Caravana da Integração

REDAÇÃO

A Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (Fiemt) e a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) confirmaram participação na Caravana da Integração, que será realizada pelo Governo do Estado entre os dias 22 e 27 de abril. Integrantes de outros países também participam da expedição, que sairá de Cuiabá e percorrerá Bolívia, Chile e Peru, discutindo problemas conjuntos, alternativas de crescimento e uma nova saída para o Oceano Pacífico.

 

De acordo com a assessora de Assuntos Internacionais do Gabinete de Governo, Rita Chiletto, as adesões representam o reconhecimento dos empresários e da comunidade acadêmica às ações do Executivo em busca de alternativas para o desenvolvimento econômico. “É muito importante, porque são novas oportunidades de comércio e de parceria. No caso da Unemat também, porque amplia a integração com outras universidades, com foco na realização de pesquisas conjuntas que tragam avanços na área do conhecimento”.

 

O vice-presidente do Conselho de Integração Internacional da Fiemt, Serafim Carvalho Melo, ressaltou que a Federação busca alternativas de mercado com os países andinos desde 1992. “Mato Grosso é produtor de alimentos, mas importamos insumos como fertilizantes, por exemplo, e a Bolívia é um grande fornecedor destes insumos. O principal entrave é a logística, por isso precisamos intensificar as relações comerciais com estes países”, avaliou. Ele ressaltou que a parceria entre os empresários e o Governo é fundamental para viabilizar estradas que sejam, de fato, uma rota de comércio.

 

Além da Unemat e da Fiemt, a Caravana da Integração contará também com a participação de representantes da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato), Associação dos Produtores de Soja e Milho de MT (Aprosoja), Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) e Associação Mato-grossense de Atacadistas e Distribuidores (Amad-MT).

 

Também já confirmaram presença na caravana, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Antônio Joaquim, e os deputados estaduais Max Russi, Pedro Satélite e Wancley Carvalho. Como representantes da Câmara Federal participarão os deputados federais José Augusto Curvo (Tampinha) e Ezequiel Fonseca.

 

Pelo Executivo Estadual, além do governador, também fazem parte da comitiva o vice-governador Carlos Fávaro e os secretários de Estado de Desenvolvimento Econômico, Seneri Paludo; de Agricultura Familiar, Suelme Fernandes; de Infraestrutura, Marcelo Duarte; e Eduardo Moura, do Gabinete de Desenvolvimento Regional.

 

A caravana tem objetivo de buscar ações integradas para problemas comuns dos países que integram a Zona de Integração do Centro Oeste Sul-Americano (Zicosur). A equipe vai debater e conhecer soluções que podem dar certo nas áreas de segurança, comércio, turismo, cultura e buscar a saída da produção de Mato Grosso pelos portos do Pacífico. Além de promover a integração com a região, a estratégia do governo estadual é fazer com que a produção mato-grossense ganhe uma saída a Oeste do continente, barateando os custos de transporte e chegando com mais agilidade à China, principal consumidora da produção do estado.

 

A viagem começara após a reunião do Zicosur realizada em Cuiabá, em paralelo à Feira Internacional de Turismo do Pantanal (FIT), nos dias 20 e 21 de abril. No encontro do Zicosur, os representantes dos países do centro da América do Sul terão a oportunidade de conhecer o potencial turístico de Mato Grosso, que será exposto na FIT. Na feira, serão comercializados produtos turísticos com valores diferenciados por agências, hotéis e pousadas. Haverá encontros institucionais, palestras e oficinas e atendimento empresarial.

 

Com a participação de autoridades internacionais, a visibilidade de feira tende a ser ainda maior, divulgando as belezas de Mato Grosso para o mundo e fomentando o turismo internacional no estado.

 

Confira abaixo a programação da Caravana da Integração:

 

22/04 – Sexta-feira

 

Saída de Cuiabá para Cáceres de onde a comitiva segue para San Ignacio de Velasco (BO)

21h – Jantar e Ato Público em San Ignacio de Velasco

 

23/04 – Sábado

 

Deslocamento de San Ignacio de Velasco para San Jose De Los Chiquitos

13h - Visita a Santa Cruz de La Sierra (San Jose de Los Chiquitos)

20h – Ato Público (Santa Cruz de La Sierra)

 

24/04 – Domingo

 

Deslocamento de Santa Cruz de La Sierra para Cochabamba

21h – Ato Público (Cochabamba)

 

25/04 – Segunda-feira

 

Deslocamento de Cochabamba para Iquique (Chile)

21h – Ato Público

 

26/04 – Terça-feira

 

8h - Visita ao Porto Estadual de Iquique (Portos Graneleiros Patillos e Patache)

11h - Visita à Zona Franca de Zofri

12h - Visita ao Porto Estadual de Arica

17h - Visita à Zona Franca de Tacna (Peru)

21h – Ato Público em Tacna

 

27/04 - Quarta-Feira

 

8h – Deslocamento de Tacna para Matarani

12h - Visita ao Porto de Matarani

20h – Evento Público de encerramento da Caravana da Integração

 

 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros