Sábado, 15 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

Política Sábado, 18 de Maio de 2024, 11:44 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sábado, 18 de Maio de 2024, 11h:44 - A | A

"COMPANHEIROS DE ESTRADA"

Viúvo de Amália conta que foi consolado por Bolsonaro em quarto de hospital: “ficou abatido”

Thiago Boava disse que o ex-presidente tinha um "grande carinho" pela deputada em decorrência da sua amizade com Michelle e das viagens que faziam juntos

CAMILA RIBEIRO
Da Redação

O ex-presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), recebeu Thiago Boava, viúvo da deputada federal Amália Barros, em seu quarto no hospital, quando a morte da parlamentar foi confirmada. Os dois estavam separados por alguns andares no Villa Nova Star, em São Paulo, onde Bolsonaro estava internado para o tratamento de erisipela e Amália, para retirada de tumor no pâncreas. Thiago falou que o ex-presidente tinha um "grande carinho" pela deputada em decorrência da sua amizade com a ex-primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro (PL). 

"O presidente Jair Bolsonaro estava no hospital e eu desci até o andar dele para nós conversarmos. Ele me abraçou, conversou comigo, lamentou o tamanho da perda", revelou Thiago Boava com exclusividade ao HiperNotícias

LEIA MAIS: Amália Barros sonhava ser mãe e decidiu retirar nódulo do pâncreas para implantar óvulos

Amália Barros era vice-presidente do PL Mulher nacional e presidente do movimento feminino em Mato Grosso. Ao lado da presidente nacional, Michelle Bolsonaro, percorreu 20 capitais, desde que foi empossada deputada federal. O ritmo intenso aproximou Amália da família Bolsonaro. 

"O presidente tinha muito carinho pela Amália e viu o amor que a Michelle tinha por ela. Eles viajavam juntos todo o final de semana. Percebi que ele ficou bem abatido com a perda", disse o Thiago. 

LEIA MAIS: Michelle Bolsonaro participa do velório de Amália Barros ao lado da comitiva de MT

Michelle Bolsonaro deixou o marido no hospital na capital paulista e viajou até Mogi Mirim (SP), cidade natal de Amália, para participar do velório na Estação da Educação e no sepultamento realizado no Cemitério da Saudade, na segunda-feira (13). A ex-primeira-dama consolou a mãe da deputada e se despediu com uma declaração no Instagram: "te amo, amiga!". 

Bolsonaro recebeu alta nesta sexta-feira.

MORTE DE AMÁLIA

Amália Barros morreu aos 39 anos, na madrugada de domingo (12), no Hospital Villa Nova Star, em São Paulo. A deputada federal ficou 11 dias internada em Unidade de Terapia Intensiva para retirada de tumor no pâncreas. O estado de saúde evoluiu para grave e Amália precisou passar por outras cirurgias, entre elas, uma no fígado. Durante o procedimento, a deputada acabou não resistindo. 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros