Sábado, 20 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

Política Sexta-feira, 14 de Junho de 2024, 08:33 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 14 de Junho de 2024, 08h:33 - A | A

CONJECTURA EM DISCUSSÃO

Médica nega convite e diz que ainda conversará com Abilio sobre vaga de vice

Lúcia Helena falou ao HNT que foi convocada para estruturar equipe dedicada à Saúde na chapa

CAMILA RIBEIRO
Da Redação

A pediatra e ex-presidente do Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT), Lúcia Helena Barboza Sampaio (PL), negou ao HNT que tenha recebido convite para ser vice na chapa do deputado federal e pré-candidato à Prefeitura de Cuiabá, Abilio Brunini (PL). Segundo a médica, ela foi convocada para estruturar a equipe dedicada às questões envolvendo a Secretaria Municipal de Saúde que estarão no plano de governo. Porém, Lúcia Helena não negou a possibilidade de aceitar o espaço na chapa, caso Abilio formalize o convite. Ela disse que vai procurar o deputado para que ambos possam conversar sobre a conjectura. 

LEIA MAIS: Ex-presidente do CRM é cogitada como vice de Abilio Brunini à Prefeitura de Cuiabá

"A minha tratativa com o Abilio até hoje, desde que a gente conversou pela primeira vez, é que eu cuidasse de elaborar um projeto para a Saúde de Cuiabá, coisa que tenho me empenhado em fazer, conversando com diversos profissionais da área, não só médicos, para que a gente possa fazer um trabalho bem bacana. Até o momento é isso. De vice-prefeitura, nunca conversamos", falou Lúcia Helena, por telefone, nesta quinta-feira (13). 

A médica tem 61 anos e se aposentou do serviço público. Mesmo mergulhada em questões políticas, Lúcia afirmou que atuar em um mandato nunca esteve no projeto de vida. Por isso, precisa sentar com Abilio e entender o que ele espera dela neste momento. Sua preocupação é de abandonar as discussões que estão em curso nos bastidores. 

"Visão política nunca esteve no meu olhar. Tenho que conversar com ele, saber exatamente quais são as ambições, o que ele espera de mim. A Saúde como vai ficar? Estava pensando só na Saúde. A primeira coisa a fazer é conversar com ele para esclarecer direitinho, eu sempre fui muito correta nas coisas que fiz na minha vida. Me coloco de cabeça ao que me proponho a fazer, se isso for um desejo do partido, a gente tem que conversar seriamente a respeito", explicou a pediatra. 

Conforme Lúcia Helena, caso Abilio seja eleito, o futuro secretário municipal da Saúde vai sair desta equipe que ela formou. Mas também não foi acertado que seu nome seja projetado ao cargo. 

"Não sei nem dizer se serei eu, mas de dentro da equipe que está trabalhando junto. Sou pediatra, adoro o que faço, faço só consultório hoje. Já me aposentei do serviço público. Tem que ser uma coisa bem amadurecida. Estou com 61 anos e tenho que colocar isso dentro da minha vida", finalizou. 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros