Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

Política Terça-feira, 18 de Outubro de 2016, 17:29 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 18 de Outubro de 2016, 17h:29 - A | A

VIDA FUNCIONAL SUSPEIRA

Emanuel atribui a acusação a desespero tucano

DA REDAÇÃO

Em nota à imprensa, o candidato do PMDB, Emanuel Pinheiro, atribuiu denúncias feitas neste período eleitoral ao desespero do adversário Wilson Santos (PSDB).

 

Alan Cosme/HiperNoticias

emanuel pinheiro

 

"Eu já havia alertado no meu programa de televisão que com a minha liderança nas pesquisas,  com o aproximar do dia das eleições, a baixaria e o desespero iriam aumentar por parte do meu adversário.  Eu só posso atribuir a isso essa mal surrada nota que espanca e que maltrata sem dó a verdade sobre a minha situação de funcionário da Assembleia Legislativa", disse o peemedebista, por meio denota. . 

 

" É fato que eu comecei a trabalhar em 1983. É fato que a Constituição da República promulgada em outubro de 1988 garante a estabilidade, para quem completasse naquela data cinco anos de serviço, ainda que fosse transitório. Essa foi uma decisão dos constituintes de 1986 e 1988. E é fato também que eu trabalhei no gabinete do então deputado federal Jonas Pinheiro, em Brasília, em dois mandatos", acrescentou.

 

Segundo ele, os fatos podem ser comprados na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

 

"Portanto, isso nada mais é que uma ação de desespero dos meus adversários que querem atacar a minha vida funcional como funcionário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Esta é uma situação em que demonstra bem o nível em que eles vão transformar essa eleição daqui até o dia 30". 

 

Emanuel diz que o seu adversário Wilson se elegeu em 2004 destruindo reputação de Alexandre César, então candidato pelo PT, em 2008 atacando de forma covarde o candidato Mauro Mendes (PSB), hoje prefeito de Cuiabá. "Agora tenta fazer o mesmo comigo", salienta. 

 

"Quero dizer claramente que a população de Mato Grosso e de Cuiabá o conhece bem. Comigo essa situação não vai colar e a verdade vencerá. No dia 30 será Emanuel Pinheiro, campanha limpa derrotando o "poleiro" político  sujo de Wilson", conclui a nota.

 

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros