Política Sexta-feira, 22 de Julho de 2011, 11:22 - A | A

Sexta-feira, 22 de Julho de 2011, 11h:22 - A | A

NOVA PISTA

Auro Ida relatou a José Riva que estava sendo ameaçado de morte

Presidente da Assembléia Legislativa revela que jornalista executado nesta madrugada o procurou para relatar ameaças relacionadas a matérias jornalísticas que vinha fazendo. Mas não revela de ondem partiram

PAULO COELHO

 

Widson Maradona

 

O presidente da Assembléia Legislativa, José Riva (PP), disse há pouco ao Hipernotícias que a morte do jornalista Auro Ida, ocorrida nesta madrugada (22), precisa ser investigada a fundo pois pode não ter sido passional, como vem se especulando.

“Ele disse a mim, ao meu irmão e ao meu filho que estava sendo ameaçado devido a reportagens que ele tem feito e, como há indícios de ameaças, há que se apurar criteriosamente”, defendeu Riva.

Ontem ainda (quinta), Ida teria procurado o parlamentar para conversar, mas Riva teria pedido para o filho dele atender ao jornalista.

José Riva não adiantou de onde estariam partindo as ameaças. “Ele disse ao meu irmão que estaria o ameaçando”, completou o presidente da Assembléia, se referindo a Priminho Riva, com quem Auro também tinha bom relacionamento.

Hipernotícias conseguiu falar com Priminho Riva, que além de sustentar a informação, disse não acreditar em crime passional.

“Há uns 20 dias, mais ou menos, ele me disse que estava sendo ameaçado e que teria sido advertido, tipo: ‘Cuidado, você não sabe com quem está lidando’, mas o Auro me afirmou também que não tinha medo, apenas escrevia o que apurava”, apontou Priminho, que preferiu não dizer nomes de quem estaria ameaçando Ida.

Priminho disse que conhecia Auro Ida havia 20 anos e opinou que, se fosse crime e passional, a suposta namorada do jornalista, que presenciou o crime, teria reconhecido o assassino.

“É estranho, ele nos disse há poucos dias dessas ameaças e hoje amanhece morto”, completou.

“Perdemos um dos maiores jornalistas que Mato Grosso já teve e, para mim particularmente, ele era especial, pois o primeiro jornalista que me entrevistou após minha primeira eleição foi ele”, acrescentou.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros