Domingo, 16 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

Polícia Quarta-feira, 22 de Maio de 2024, 18:50 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 22 de Maio de 2024, 18h:50 - A | A

CRIME BÁRBARO

Suspeito de matar colega esfaqueado e queimar corpo é preso em estrada rural

Crime ocorreu no último domingo, em uma fazenda de Tesouro, onde criminoso e vítima trabalhavam

SABRINA VENTRESQUI
Da Redação

Um homem identificado como Assuério Alves Santos foi preso em uma ação conjunta das polícias Civil e Militar, em uma estrada rural de Tesouro (366 km de Cuiabá), nesta quarta-feira (22). Ele é acusado de matar Hamilton Corman da Costa, de 40 anos, a facadas e queimar o corpo. 

LEIA MAIS: Homem esfaqueia colega de trabalho até matar e ateia fogo no corpo

O crime foi praticado no último domingo (19), em uma fazenda do município onde os dois trabalhavam. Testemunhas relataram à Polícia Militar que o suspeito e a vítima já vinham se desentendendo há algum tempo.

No dia do crime, os dois discutiram enquanto a vítima estava ingerindo bebida alcoólica. A briga foi apartada por uma terceira pessoa e, quando tudo parecia que estava resolvido, o suspeito sentou ao lado da vítima e desferiu um golpe de faca. Hamilton caiu no chão e o suspeito veio por cima, desferindo ainda mais golpes.

A vítima ainda conseguiu se levantar e correr para tentar pular a janela, mas foi agarrada e golpeada até a morte. Antes de deixar o local, o suspeito ainda ameaçou testemunhas de morte, caso chamassem as autoridades. 

Depois do crime, as forças de segurança iniciaram diligências para encontrar o suspeito. Ele foi localizado em uma estrada rural de Tesouro, depois que populares informaram os militares.

O suspeito foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para registro de ocorrência e demais providências cabíveis. 

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros