Quarta-Feira, 29 de Julho de 2020, 11h:11

Tamanho do texto A - A+

Soldado da PM é um dos bandidos mortos em confronto com o Bope, diz coronel

Por: LUIS VINICIUS

A Polícia Militar confirmou que um soldado da corporação, ainda não identificado, está entre os bandidos que morreram em um confronto com policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), na manhã desta quarta-feira (29), no bairro Itamaraty, em Cuiabá. O PM estaria lotado na Base do Boa Esperança, na Capital. Além dele, o filho de um sargento também está entre os criminosos mortos. Os nomes de ambos não foram confirmados pela Polícia Civil. 

Bruno Pinheiro

confronto bope e criminosos.jpeg

 

Conforme informações obtidas pela reportagem, o filho do militar teria pego a pistola escondido do sargento e teria ido ao local para cometer crimes na região. Além da arma do militar, os agentes localizaram outros cinco armamentos com o grupo criminoso.

Além disso, um dos bandidos estava sendo monitorado por tornozeleira eletrônica. A informação foi confirmada pelo comandante da Comunicação Social da Polícia Militar, tenente coronel PM Luis Fernando Oliveira Dias.

Conforme informações da Polícia Militar, o grupo criminoso estava dividido em dois veículos, sendo um Toyota Corola e um Fiat Uno, e teriam ido ao local para roubar algumas casas da região. 

No entanto, na terça-feira (29), policiais do Bope receberam uma informação de que um grupo iria à região para cometer crimes. 

No fim da madrugada desta quarta-feira, os militares foram ao local e encontraram os dois carros em situação suspeita. Diante disso, policiais tentaram abordar os suspeitos. No entanto, os bandidos reagiram e um confronto foi registrado no local. 

Durante o tiroteio, um dos criminosos foi baleado e tentou fugir. Mas, ele não resistiu e morreu próximo de uma região de mata. 

Já os outros cinco criminosos teriam morrido dentro do carro.

Os corpos deverão ser levados ao Instituto Médico Legal (IML) para ser realizado exames de necropsia e identificação. 

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

LEIA MAIS: Seis bandidos morrem em troca de tiros com o Bope em Cuiabá

Avalie esta matéria: Gostei +12 | Não gostei - 4