Domingo, 21 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

Polícia Quarta-feira, 12 de Junho de 2024, 13:11 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 12 de Junho de 2024, 13h:11 - A | A

"OPERAÇÃO LEVIATÃ"

Polícia Civil cumpre 12 ordens judiciais contra suspeitos de matar empresário em Barra do Garças

Vítima foi executada a tiros no escritório da tabacaria de sua propriedade, no dia 24 de maio

DA REDAÇÃO

Doze ordens judiciais são cumpridas pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (12), no bojo da Operação Leviatã que busca elucidar o homicídio do empresário Luiz Carlos Vieira dos Santos, de 57 anos, praticado em 24 de maio deste ano em Barra do Garças (511 km de Cuiabá).  Dos mandados, quatro são de busca e apreensão domiciliar, quatro de prisão e quatro de afastamento de sigilo. As ordens judiciais foram cumpridas  no município e na Capital.

LEIA MAIS: Empresário é assassinado com sete tiros dentro da própria distribuidora

A ação resultou na apreensão de munições calibres 28 e 9mm, porções de entorpecentes, além de diversos apetrechos relacionados ao tráfico de drogas.

Durante o cumprimento dos mandados judiciais, um dos alvos foi flagrado traficando drogas entrou em confronto com policiais militares.  O suspeito foi alvejado e imediatamente socorrido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), porém não resistiu aos ferimentos.  

O segundo alvo da operação possui um extenso histórico criminal, com mais de 30 passagens por crimes de roubo, furto, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, e foi preso em sua residência.

O HOMICÍDIO

O crime que vitimou empresário ocorreu no dia 24 de maio, na tabacaria da vítima, na região central da cidade. Na ocasião, dois homens encapuzados e armados chegaram em um veículo Gol, entraram no estabelecimento e efetuaram os disparos contra a vítima, que estava no escritório.

Assim que foi comunicada dos fatos, a equipe da 1ª Delegacia de Polícia de Barra do Garças iniciou as diligências para identificar os envolvidos, assim como a motivação do crime. Com avanço das investigações, foi possível identificar os autores do crime, sendo representado pelas ordens judiciais, que foram deferidas pela Justiça.

LEIA MAIS: Criminoso com mais de 10 passagens e envolvimento no assassinato de empresário morre em confronto com a PM

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros