Terça-feira, 16 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,94
libra R$ 5,94

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,94
libra R$ 5,94

Polícia Sexta-feira, 07 de Outubro de 2022, 07:34 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 07 de Outubro de 2022, 07h:34 - A | A

SUSPEITO FUGIU

Mulher é encontrada morta na MT-438 após marido enviar áudio à amiga dizendo que "perdeu a cabeça"

A filha de Marlene procurou a Delegacia da Mulher de Sinop na quinta-feira e relatou que teve contato com a mãe no dia anterior.

AMANDA DIVINA
Da Redação

Uma mulher de 42 anos, identificada como Marlene Aparecida dos Reis, foi encontrada morta na rodovia MT-438, em Sinop (a 478 km de Cuiabá) na quinta-feira (6). O suspeito de cometer o crime é o marido dela, que enviou um áudio para uma amiga da vítima alegando que teria "perdido a cabeça".

Reprodução

Marlene

 

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais civis foram informados por testemunhas a respeito do corpo de uma pessoa que estava caído em uma estrada vicinal da rodovia.

Ao irem até o local, os agentes encontraram Marlene com uma perfuração de tiro na cabeça.

Com ela também foram encontrados alguns pertences pessoais. A filha de Marlene procurou a Delegacia da Mulher de Sinop na quinta-feira e relatou que teve contato com a mãe no dia anterior.

Segundo ela, o contato foi feito às 18h25 e, até então, tudo estava aparentemente normal. 

Após a checagem de informações, a Delegacia da Mulher de Sinop recebeu informações de que o marido da vítima havia enviado mensagem a uma amiga de Marlene falando que "perdeu a cabeça" enquanto conversava com a vítima. A Perícia Oficial e Identificação Técnica foi acionada no local. A equipe da DEDM de Sinop continua com as diligências para localizar o suspeito do crime.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros