Segunda-Feira, 30 de Setembro de 2019, 14h:21

Tamanho do texto A - A+

Laudo aponta que idoso pode ter morrido no dia do desaparecimento

Por: DA REDAÇÃO

Reprodução

isael

 Corpo foi encontrada em região de mata, na capital

O idoso Isael Lourenço, de 81 anos, que foi encontrado morto na manhã de domingo em uma região de mata próximo ao Grande Templo, na Avenida do CPA, pode ter ido a óbito no mesmo dia do desaparecido, em 19 de setembro.

Segundo nota oficial da Diretoria Metropolitana de Medicina, o tempo de morte foi estimado entre 7 e 10 dias, por isso não foi possível sequer determinar a causa da morte. O corpo estava em avançado estado de decomposição.

O aposentado foi enterrado nesta manhã no cemitério Parque Bom Jesus de Cuiabá, localizado no bairro Parque Cuiabá. O velório do idoso não foi feito por decisão da família.

O exame de odontologia legal, baseado na comparação da arcada dentária da vítima e radiografias anteriores, confirmou a sua identificação.

Conforme o Diretor Metropolitano de Medicina Legal, Eduardo Andraus, preliminarmente, a necropsia, com a ajuda de radiografias, não apontou evidências de violência, e nem a presença fraturas pelo corpo.

Os laudos periciais a serem elaborados pela Politec irão compor o inquérito policial instaurado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa que irá reunir elementos que possam esclarecer as circunstâncias da morte do idoso.

Isael Lourenço, que faria aniverário nesta segunda-feira (30), entrou em contato com a família pela última vez na quinta-feira (19), quando disse estar em um supermercado da Capital. Por telefone, a família tentou entender qual seria o comércio, mas o idoso aparentava estar desorientado.

Segundo familiares de Isael Lourenço, a lucidez usual do idoso sempre fez com que ele tivesse uma vida muito independente. “Ele não fica em casa desde que saiu do trabalho. É a rotina dele passar no Big Lar, no Comper, de ir nas praças. Às vezes, ele sai às 08h e volta só à tarde, lá por umas 14h”, disse Patrícia Sanss, nora de Isael.

Na quinta-feira, o idoso foi visto próximo ao bairro CPA, tentando atravessar uma avenida movimentada. Desde então, várias denúncias de avistamento de Isael foram apresentadas à família, mas nenhuma colaborou na localização do idoso.

 

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei - 1