Nó De Cachorro Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2011, 11:07 - A | A

Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2011, 11h:07 - A | A

Fatos & Boatos

Continua ensurdecedora a boataria nos meios políticos e redações da imprensa sobre eventuais mandados de prisão contra auoridades públicas de Mato Grosso por conta de emissões e pagamentos de cartas de crédito e precatórios. Fato1: Há uma inquérito na Defaz (Delegacia Fazendária) sobre o assunto, e uma investigação no Ministério Público, na vara de Patrimônio Público. Contudo, ninguém fala oficialmente a respeito. Fato 2: O Tribunal de Contas do Estado está investigando o caso, mas silencia para a imprensa. Boato 1: Um (ou vários) pedidos de prisão teriam sido encaminhados ao Procurador Geral de Justiça, Marcelo Ferra, por envolver agentes públicos com foro privilegiado por prerrogativa de função. Lá também ninguém fala. Boato 2: Um desses agentes públicos graduado e aparecido já teria obtido um Habeas Corpus Preventivo para se livrar da cadeia. Mas, não há nada nos sistemas de busca do TJ/MT, STJ e TRF1, onde a coluna vasculhou pormenoriadamente nas últimas 48 horas. Enquanto as autoridades responsáveis não falarem, os boatos prosperarão - inclusive sobre eventuais manobras para "abafar o caso", o que acaba por comprometer às imagens de todas as mudas autoridades afins. Se falarem, acabam com os boatos! Não é simples, bebê!?!

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros