Mundo Sábado, 02 de Abril de 2011, 10:47 - A | A

Sábado, 02 de Abril de 2011, 10h:47 - A | A

Desastre

Técnicos encontram rachadura em reator de Fukushima

Magnitude e quantidade de água radioativa descarregada no mar continuam desconhecidos

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

A Tokyo Electric Power Company, operadora da central nuclear de Fukushima Daiichi, anunciou neste sábado a descoberta de uma fissura de cerca de 25 centímetros em uma estrutura de concreto do reator número 2 e indicou que água com altos índices de radioatividade está vazando do local para o mar.

Segundo a Tepco, a radiatividade medida na água que escapa do reator 2 é de cerca de mil milisieverts por hora, algo próximo de 330 vezes a radiação à qual uma pessoa é exposta normalmente durante um ano.

Esta rachadura pode ser o motivo para os altos índices de radioatividade constatados nos últimos dias ao longo da costa nordeste do Japão e que as autoridades vinham tentando explicar sem sucesso.

A magnitude do vazamento e a quantidade de água radioativa descarregada no mar também são desconhecidas até o momento. A Agência de Segurança Industrial e Nuclear do Japão informou que a Tepco está planejando injetar concreto na rachadura para interromper o vazamento.

"Nós analisamos amostras de água no local e no mar, mas não podemos dar maiores detalhes até que os resultados tenham sido avaliados", disse Hidehiko Nishiyama, vice-diretor da Agência de Segurança Industrial e Nuclear do Japão.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros