Domingo, 19 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

Mundo Sexta-feira, 19 de Abril de 2024, 06:30 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 19 de Abril de 2024, 06h:30 - A | A

Israel inicia retaliação ao Irã com ataque a base militar

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

Israel iniciou na madrugada desta sexta-feira, 19, a retaliação ao Irã pelo ataque do sábado, 13, segundo uma fonte com conhecimento do assunto. O movimento agrava o risco de uma guerra entre os dois países.

A ofensiva teve como alvo uma área ao redor de Isfahan, ao sul de Teerã, onde o Irã mantém uma base militar, uma fábrica de drones e instalações nucleares. O país ativou os sistemas de defesa aérea em diversas províncias, após detectar objetos voadores suspeitos.

A agência de notícias estatal IRNA informou não ter registrado quaisquer danos ou explosões em grande escala em qualquer parte do país e que nenhum incidente foi relatado nas instalações nucleares iranianas. Os voos comerciais foram suspensos pelo Irã na noite da quinta-feira, 18, mas retomados na manhã desta sexta.

Não há informações precisas sobre a extensão ou o impacto da ação israelense, que foi entendida como uma resposta ao ataque do Irã, que envolveu mais de 300 drones e mísseis - a maioria dos artefatos foi abatida pela defesa antiaérea de Israel. A ofensiva iraniana, por sua vez, foi uma resposta a um ataque atribuído a Israel que matou altos oficiais iranianos em Damasco, na Síria.

Israel está sob pressão dos Estados Unidos e da Europa para moderar a resposta ao Irã. Já o governo iraniano fez diversos alertas, nos últimos dias, de que responderia agressivamente a qualquer ataque israelense.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros