Terça-Feira, 24 de Março de 2020, 15h:00

Tamanho do texto A - A+

Ministra afirma que é precoce falar em adiamento de eleições municipais

Por: KHAYO RIBEIRO

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, disse na segunda-feira (23) que a discussão sobre um possível adiamento na realização das eleições municipais ainda é uma pauta “precoce” para ser debatida.

Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr

Mensalão/ministra Rosa Weber

 

A discussão em torno do adiamento das eleições foi suscitada pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Ele pontuou que, por conta do avanço do Covid-19, o coronavírus, este seria o momento de o Congresso Nacional acionar formas para que o combate à pandemia não venha sofrer prejuízos por conta de disputas eleitorais.

Apesar da fala do ministro, ao tratar sobre o tema Weber frisou que a realização das eleições está prevista na Constituição Federal.

“Quanto ao adiamento das eleições municipais, entendo cuidar-se de debate precoce, não sendo demais repisar que tem como objeto matéria prevista expressamente no texto constitucional e na legislação infraconstitucional”, disse a ministra por meio de nota.

Em Mato Grosso, contudo, o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, defende o posicionamento de Mandetta, corroborando para o fato de que todos os esforços devem ser voltados para o combate efetivo à doença.

“Se é a previsão do ministro que é médico, que tem experiência muito maior do que a minha. Ele imagina que essa crise, essa epidemia, vai consumir todo o nosso esforço até o mês de outubro, não seria racional [realizar eleição]”, pontuou o secretário durante coletiva de imprensa transmitida ao vivo.

Coronavírus em Mato Grosso

Declarada emergência global pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a pandemia do Covid-19 registra no Brasil 1.891 casos confirmados de contágio e 34 mortes em decorrência da doença, segundo dados do Ministério da Saúde atualizados na segunda-feira (23).

Em Mato Grosso, as ocorrências são acompanhadas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), que, até a tarde de segunda, registrou seis casos confirmados de contágio e 210 suspeitos.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei







Mais Comentadas