Justiça Quarta-feira, 14 de Dezembro de 2011, 16:09 - A | A

Quarta-feira, 14 de Dezembro de 2011, 16h:09 - A | A

CARTAS DE CRÉDITO

De Vitto já foi ouvido pela Polícia, e somente Eder Moraes e Edmilson serão intimados, retifica Civil

Delegada de Atividades Especiais informou que também serão chamados o servidores da Procuradoria Geral do Estado

JORGE ESTEVÃO

 

Mayke Toscano/Hipernoticias

Delegada Lusia de Fatima Machado confirmou que Éder Moraes, Geraldo de Vitto e Edmilson de Souza vão prestar esclarecimentos na Defaz

 

Ao contrário do informado durante entrevista coletiva esta tarde, o ex-secretário Administração do Estado, Geraldo de Vitto, já prestou depoimento no inquérito policial que apura irreglaridades na emissão e compensação de cartas de créditos, que resultou na operação "Cartas Marcadas", realizada nesta quarta com a busca e apreensão de documentos e prisão de suspeitos. A retificação partiu agora há pouco da assessoria de imprensa da Polícia Civil. Com isso, ele não será novamente convocado, pelo menos por enquanto, e sim apenas o ex-secretário da Sefaz e atual titular da Secopa, Eder Moraes.

Na nota encaminhada, a assessoria da PJC informa que também já foram ouvidos o ex-adjunto da SAD e sucessor de De Vitto, em 15 de novembro; Bruno Sá Freire e uma servidora de nome Sandra, que era superintendente de gestão de pessoas da SAD, ambos no dia 19 de novembro.

Além de Eder Moraes, o atual titular da Sefaz, Edmilson dos Santos, segundo a delegada Lusia de Fátima, vão prestar esclarecimentos a respeito da homologação de cédulas de créditos que provocou operação da Delegacia Fazendária para apurar esquema criminoso envolvendo a emissão e compensação de cartas expedidas pelo Governo do Estado em 2009 para pagar R$ 480 milhões de indenização por diferenças salariais a cerca de 290 Agentes de Administração Fazendária (AAF) da Secretaria de Fazenda (Sefaz).

Segundo a delegada Lusia de Fatima Machado, da Delegacia de Atividades Especiais (DAE), que coordenou a operação “Cartas Marcadas”, foram presas 3 pessoas dos seis mandados prisão temporária expedidos expedidos pelo Tribunald e Justiça. Também foram cumpridos 14 mandados de buscas e apreensões.

Segundo a delegada, Eder Moraes era secretário de Fazenda na época da emissão de cartas em 2009 e foi ele o responsável pelos cálculos e homologações das cartas de créditos. De Vitto foi o responsável por emitir os documentos. Edmilson Santos vai dar explicações a respeito do mesmo procedimento na sua gestão á frente da Sefaz, já que substituiu Eder em abril do ano passado, já no governo de Silval Barbosa.

Em relação à Procuradoria Geral do Estado (PGE), a delegada informou que haverá intimação de “alguns servidores”, mas não especificou quais cargos ocupam esses funcionários públicos. Segundo Lusia de Fátima, é a PGE que recebeu as cartas de créditos e depois, após consultas à SAD, emitiu parecer pelo pagamento.

A operação “Cartas Marcadas” foi deflagrada ainda na madrugada desta quarta-feira (14) e participaram da ação o Ministério Público de Mato Grosso (MP/MT) e a Polícia Judiciária Civil. No início da manhã, policiais já haviam recolhidos vários documentos e prendido três pessoas envolvidas em um esquema criminoso envolvendo a emissão e compensação de cartas de créditos. (Colaborou Hérica Teixeira)

ATUALIZADA ÀS 17H30

MAIS SOBRE O ASSUNTO:

EXCLUSIVO: Mega-operação policial cumpre mandados de busca e de prisões no caso “Cartas de Crédito”

Governo sanciona nova lei revogando isonomia de agentes da Sefaz com Grupo TAF

“Força-tarefa” do MPE, TCE, Polícia Fazendária e AGE investiga emissão de cartas de crédito em Mato Grosso

Gilmar Fabris diz que voltou para Assembleia para esclarecer emissão de cartas de crédito de R$ 480 milhões



Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Joair Alves 14/12/2011

EDMILSON TAMBEM ESTÁ MILIONÁRIO. ELE PAGOU AS CARTAS.

SONIA SANTOS 14/12/2011

E SENHOR AGECOPA, COMECA A DORMIR FORA DE CASA, SEUS DIAS ESTAO CONTADOS..RSRSRS

joair Alves 14/12/2011

CLARO, INVESTIGUEM O ÉDER QUE COM CERTEZA ELE TÁ METIDO NISSO. O CARA TÁ MULTIMILIONÁRIO.

3 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros