Justiça Quinta-feira, 25 de Agosto de 2011, 14:53 - A | A

Quinta-feira, 25 de Agosto de 2011, 14h:53 - A | A

SEGURANÇA

Cardozo anuncia investimento de R$ 1 bi para o sistema prisional

Ministro defendeu mudanças na legislação, valorização dos policiais e maior integração dos órgãos de segurança

DA FOLHA DE SÃO PAULO

Divulgação

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, participou de uma audiência pública na Comissão Temporária de Segurança Pública. Ele revelou que em setembro a presidente Dilma Rousseff vai anunciar o investimento de R$ 1 bilhão para a construção de novas cadeias e para melhorar o sistema penitenciário brasileiro.

"A ênfase deste plano que será lançado pelo presidente da República será uma ampliação como nunca antes nós fizemos no sistema prisional em tão curto espaço de tempo. Mas, em síntese, dentro daquilo do que foi feito, do que está sendo feito, do que será feito, nós temos uma tentativa de ataque à violência, tentativa de ataque ao crime organizado, ao uso de drogas", disse.

Cardozo apresentou as prioridades do Plano Nacional de Segurança Pública. Entre as ações adotadas para combater a violência, ele destacou o Plano Estratégico de Fronteiras, com ações conjuntas dos órgãos de repressão e de inteligência para patrulhar os 17 mil quilômetros de nossa fronteira.

O ministro da Justiça defendeu mudanças na legislação, a valorização dos policiais e uma maior integração dos órgãos de segurança pública. E divulgou uma série de medidas para reprimir o crime organizado, impedir a impunidade, e evitar problemas nos grandes eventos internacionais programados para os próximos anos, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas.

Durante o debate, os senadores lembraram que além das medidas de repressão, são necessárias políticas sociais para evitar o crescimento da violência. O presidente da Comissão, senador Eduardo Braga (PMDB-AM) disse que é necessário assegurar recursos no orçamento para a área de segurança pública.

"Nada adianta termos bons planos se lamentavelmente não há recursos para implementá-los. Desnecessário dizer da importância, da relevância do tema da segurança pública, de que a população brasileira clama por mais investimentos para este setor", avaliou.

O ministro da Justiça também anunciou a criação de um sistema Nacional de Informação e Estatística, para mapear e divulgar os dados sobre a criminalidade no país.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros