HiperNotícias - Você bem informado

Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011, 11h:09

Polícia vê 'risco elevado' de atentado terrorista durante o Mundial de 2014

O risco de atentado no Brasil é baixo, mas um evento como o Mundial pode ser palco de uma agressão ao país

DA FOLHA DE SÃO PAULO

Imagem da Internet

Quem avalia o risco de atentado é o delegado Roberto Troncon Filho

A Polícia Federal trabalha com o cenário de "risco elevado" para atos de terrorismo na abertura da Copa de 2014, quando os olhos do mundo estarão voltados para a capital paulista.

Essa é a avaliação do superintendente da PF em São Paulo, o delegado Roberto Troncon Filho. Especializado no combate ao crime organizado desde 2004, Troncon Filho também criticou as alterações no projeto de lei sobre lavagem de dinheiro e defendeu o uso de algemas em operações.

Segundo Troncon Filho, em situações normais, o risco de atentado no Brasil é baixo, mas um evento como o Mundial pode ser palco de uma agressão, "não contra o povo brasileiro, mas contra uma delegação estrangeira". "Estamos com uma actividade preventiva muito forte e interacção permanente com organismos policiais", declarou o responsável.

Além de atuar na segurança de autoridades estrangeiras, o superintendente explicou que a Polícia Federal tem um plano de aperfeiçoamento do controlo migratório, uma de suas atribuições. O delegado referiu que São Paulo concentra mais de 70 por cento de todo o tráfego de passageiros do Brasil.