HiperNotícias - Você bem informado

Sexta-feira, 02 de Setembro de 2011, 17h:08

Cartas da Segurança Pública

Certa vez um Chefe de Polícia estava passando o cargo ao seu substituto. Neste momento ele entregou ao seu sucessor três cartas, e recomendou ao mesmo que abrisse as mesmas em momentos de crise

HILÁRIO MOZER

Facebook

Certa vez um Chefe de Polícia estava passando o cargo ao seu substituto. Neste momento ele entregou ao seu sucessor três cartas, e recomendou ao mesmo que abrisse as mesmas em momentos de crise, pois ali estaria a solução de todos os problemas futuros: primeira crise, abertura da carta de número 01; na segunda crise carta 02; e na terceira crise carta 03.

E assim se passaram alguns meses, até que ocorreu a primeira crise, com muitos assaltos, homicídios, etc. O novo Chefe de Polícia se lembrou das cartas e abriu a primeira carta.

Lá estava escrito: critique o Chefe de Polícia anterior, pois as ações de Planejamento e a parte operacional estão muito desorganizadas, mas tudo isso será resolvido em breve.

Ele então convocou a imprensa para uma entrevista coletiva e relatou os acontecimentos conforme orientação da primeira carta. As críticas à segurança diminuíram por algum tempo.

Seis meses após surgiram novas críticas e o Chefe de Polícia se lembrou da segunda carta. Ele abriu essa carta e là estava: procure reformular, crie novas funções, como Polícia Especial disso e daquilo, troque a cor das viaturas, mude o uniforme dos policiais, coloque a polícia nos locais visíveis.

E assim o Chefe de Polícia convocou a imprensa e anunciou seus planos conforme estava escrito na Segunda Carta, e a críticas silenciaram.

Passaram-se meses e elas voltaram mais contundentes. Falta de equipamento, falta de apoio político, greves, aumento da criminalidade, sociedade reclamando, Imprensa “batendo duro” na falta de segurança, etc.

O nobre Chefe de Polícia lembrou-se da terceira e salvadora carta. Como Divina Solução, ele pegou a terceira carta e, com as mãos trêmulas, abriu-a, pois ali deveria estar a solução de todos os seus problemas.

Lá estava escrito em letras grandes: FAÇA TRÊS CARTAS IGUAIS A ESSAS QUE LHE ENTREGUEI E AS ENTREGUE AO NOVO CHEFE DE POLÍCIA, SEU SUCESSOR.
Meus amigos, essa Lição serve para todos!

(*) HILÁRIO MOZER NETO é ex-secretário de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso nos governos de Carlos Bezerra e Dante de Oliveira,  escreve para HiperNotícias.