HiperNotícias - Você bem informado

Sexta-feira, 05 de Agosto de 2022, 19h:22

Neri reforça confiança no MDB e negociações 'bem encaminhadas' com PSB: "Não estamos aqui para brincar"

O candidato ao Senado demonstrou otimismo quanto às chances de vitória, ainda que as pesquisas apontem para a reeleição do senador Wellington Fagundes (PL)

RAYNNA NICOLAS, AMANDA DIVINA E RAPHAELLA PADILHA
DA REDAÇÃO/DO LOCAL

Reprodução

O candidato ao Senado Neri Geller (PP) se mostrou otimista quanto às chances de vitória e ampliação do arco de alianças em torno de sua candidatura. Na noite desta sexta-feira (5), ele reforçou sua confiança no MDB que até momento indica na direção oposta à coligação com Neri. Geller também afirmou que as negociações com PSB estão 'bem encaminhadas'. Neri, que atualmente ocupa o cargo de deputado federal, será oficializado candidato ao Senado em uma costura com a Federação Brasil da Esperança (PT, PCdoB e PV), com o PDT e com o PSD. À imprensa, o candidato adiantou que mais dois partidos ainda podem formalizar aliança com o grupo. 

"Não tenha dúvida que nós não estamos vindo para brincar, nós vamos para uma eleição com reais chances de ganhar. Fizemos um planejamento desde janeiro, fizemos pesquisas internas, estou acompanhando e nós vamos ganhar eleição", garantiu Geller. 

Quanto às alianças ainda aguardadas, Geller citou sua confiança no MDB, com quem tinha um acordo. Enquanto o PP não lançaria chapa à Câmara dos Deputados, o MDB ajudaria na construção da candidatura de Geller. Todos os indicativos, contudo, são de que o acordo não será mantido, uma vez que o MDB anunciou coligação com o governador e candidato à reeleição Mauro Mendes (UB) e, para tanto, terá que apoiar o candidato à reeleição no Senado, Wellington Fagundes (PL). 

"Se tem um partido que eu tenho confiança, esse partido é o MDB. Eu tenho confiança no presidente Carlos Bezerra, tenho confiança no Juarez Costa e tenho confiança no deputado federal Emanuelzinho e também no Valtenir. Hoje à tarde, na residência do Carlos Bezerra, ele me garantiu de forma forte que o MDB estará conosco, então eu não tenho por que questionar isso. Fizemos uma pré-campanha 100% juntos e eu tenho certeza que faremos uma campanha juntos. Estou bastante tranquilo e tenho certeza que vai se consolidar", afirmou. 

Geller também fez coro ao deputado estadual e presidente do PT, Valdir Barranco, na expectativa de que o PSB mude de posição e desista de alçar voo solo com a candidatura da médica Natasha Slhessarenko ao Senado. O PSB, de Max Russi, esperava um palanque aberto do governador Mauro Mendes, mas foi oficialmente frustrado na manhã desta quinta, quando o governador confirmou, durante a convenção do PL, a coligação entre as agremiações.